Colômbia vence Argentina (1-0) na semi da Copa América e vai ao Mundial-2023 e Jogos de Paris-2024

A Colômbia se classificou para a Copa do Mundo Feminina de 2023 e para os Jogos Olímpicos de Paris-2024 ao derrotar a Argentina por 1 a 0 nesta segunda-feira nas semifinais da Copa América, na cidade colombiana de Bucaramanga.

Em um jogo em que tinha diante de si uma das melhores equipes do continente, as colombianas venceram com um gol de Linda Caicedo no segundo tempo (63).

O gol desequilibrou um duelo em que a Colômbia, acostumada ao bom jogo, teve que mudar o roteiro contra um adversário difícil que não se deixou intimidar apesar da pressão vinda das arquibancadas.

A 'Albiceleste' começou dominando o jogo nos primeiros 15 minutos. Diante disso, o técnico da Colômbia Nelson Abadía arriscou uma nova estratégia ofensiva para mudar o rumo da partida.

A estrela Leicy Santos, que começou a jogar como ponta direita, foi deslocada para o meio e Catalina Usme ocupou seu setor, longe de seu território habitual, na ponta. Foi assim que a Colômbia reagiu e começou a frequentar a área adversária.

No lado esquerdo, a habilidosa Linda Caicedo fez valer seus 17 anos e infernizou a lateral-direito Gabriel Chávez, que recebeu um cartão amarelo logo no início.

Já da Argentina não veio uma iniciativa tão sagaz como a de Abadía. O treinador Germán Portanova não participou devido aos cartões amarelos acumulados e foi substituído pelo seu auxiliar Sebastián Gómez.

O primeiro tempo terminou com um gol de Caicedo anulado devido a uma suposta mão sinalizada pelo árbitro, embora a bola tenha batido em seu peito. A atacante Mayra Ramírez acertou uma bola no travessão.

No segundo tempo, a árbitra María Belén Carvajal se tornou a vilã dos mais de 13 mil torcedores ao não marcar um pênalti a favor das donas da casa.

Mas aos 63 minutos, Caicedo fez a revolta virar alegria ao marcar o gol. A atacante recebeu uma bola na área conduziu com a perna esquerda e superou a goleira Vanina Correa.

A festa nas arquibancadas cresceu com o passar dos minutos e aumentou com a expulsão da lateral Chávez aos 74 minutos. Até o final, ouviu-se um "olé" dos torcedores.

Agora a Colômbia disputará uma Copa do Mundo feminina pela primeira vez desde o Mundial do Canadá-2015 e os Jogos Olímpicos desde a Rio-2016.

O torneio garante três vagas diretas para a Copa do Mundo e duas para os Jogos Olímpicos de Paris-2024. A Argentina tentará essa última vaga para a Nova Zelândia e Austrália-2023 contra o perdedor do jogo entre Brasil e Paraguai.

Já as colombianas vão enfrentar na final da Copa América a seleção vencedora desse duelo que se´ra disputado nesta terça-feira.

das/ma/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos