Coimbra tem atletas revelados na base atuando nas três divisões do futebol português na temporada

O Coimbra tem sido um polo revelador para o futebol profisisonal em Minas Gerais-(Henrique Chendes/Coimbra)


Com o objetivo de formar atletas de alto nível para o mercado exterior, o Coimbra Sports tem o que celebrar no ano de 2022. Além de ter dado o pontapé inicial em sua parceria técnica com o Benfica para a criação das categorias Sub-17 e Sub-15, o Grande Time de Contagem fechou importantes negociações de seus atletas com clubes do futebol de Portugal.

Por empréstimos, o zagueiro Léo Bolgado, de 23 anos, faz parte do elenco do Casa Pia, clube da Primeira Liga; para o Leixões, time da Liga 2 de Portugal, o meio-campista Rafael Freitas, de 22 anos, e o atacante Souza, de 24 anos, foram para a equipe principal, enquanto o atacante Adriano Amorim, de 20 anos, o atacante Thomasel, de 20 anos, e o lateral-direito Maurício Mucuri, de 21 anos, estão na equipe Sub-23; já na terceira divisão, o atacante Ribeiro, de 23 anos, e o lateral-direito Valdir, de 22 anos, atuam pelo União de Leiria.

Outros atletas revelados pelo Clube e que foram para Portugal este ano, foram o zagueiro João Victor, de 24 anos, que está na Benfica, e o atacante Madson, de 22 anos, negociado com o Moreirense.

Um dos grandes talentos do Coimbra nos últimos anos, Adriano Amorim, que mesmo com idade para a categoria Sub-20 já fez partidas em 2022 pelo elenco profissional de Villa Nova e Coimbra, fez sua estreia em solo europeu na última terça-feira, (23/08), em partida válida pelo Torneio de Abertura da Liga Revelação.

O atleta teve atuação destacada na vitória em cima do Estoril e concedeu entrevista para o jornal esportivo O Jogo, um dos mais importantes de Portugal:

-Queremos fazer uma boa temporada e alcançar os melhores resultados possíveis. Somos um grupo fantástico, temos muita qualidade e quero ajudar os meus companheiros a evoluir. O futebol aqui é muito intenso e há muitas transições, o que é bom para mim, pois sou um atleta rápido e com um bom drible-, disse o atacante.

Para Hissa Elias Moyses, diretor do Coimbra, o Clube já colhe os frutos do trabalho de formação de base que vem fazendo desde 2017, ano de inauguração do Centro de Treinamento Flávio Guimarães, em Contagem. “Hoje temos a alegria de contar com dez atletas atuando em Portugal que puderam iniciar suas carreiras conosco. Isso mostra o trabalho sério e assertivo que estamos realizando na revelação de atletas.

E com o início em 2022 da parceria com o Benfica, este trabalho só tem a melhorar”, pontuou. O sucesso do Coimbra em exportar atletas para o continente europeu já desperta interesse no mundo do futebol e recentemente o CT do Clube recebeu visitas importantes.

Nos últimos meses tivemos as presenças de Tiago Lopes, CEO do Casa Pia e executivo responsável pelos investimentos em futebol do grupo americano MSD Capital; Sebastian Bacher, diretor-geral do Barra FC, time de Santa Catarina parceiro do Hoffenheim, da Alemanha; Gilberto Silva, ex-atleta pentacampeão do mundo e executivo de futebol e Rodrigo Caetano, diretor de futebol do Atlético-MG.