Chelsea vence América do México (2-1) em amistoso em Las Vegas

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Com gols do alemão Timo Werner e Mason Mount, o Chelsea venceu o América do México por 2 a 1 em amistoso disputado no Allegiant Stadium, em Las Vegas, diante de 47.223 torcedores.

Aos 9 minutos, o marroquino Hakim Ziyech cobrou falta a favor dos 'Blues', na direção do canto inferior esquerdo e o goleiro Guillermo Ochoa voou para defender.

Em outra tentativa do time londrino, o brasileiro Kenedy arriscou um chute cruzado mas a bola foi para fora, aos 24 minutos.

Um minuto depois, o América respondeu de forma semelhante com um chute de Mauricio Reyes que foi pela linha de fundo.

Aos 29, o alemão Kai Havertz se posicionou na área americana e disparou frente a frente com Ochoa, que voltou a defender (33).

Oscar Jiménez, goleiro reserva das 'Águias' mexicanas, brilhou aos 40 minutos com um voo para defender um chute perigoso do brasileiro Thiago Silva.

No segundo tempo, o Chelsea intensificou seu domínio. Aos 54 minutos, o belga Michy Batshuayi disparou um chute que foi para fora.

Um minuto depois, Reece James encontrou Timo Werner na área que acertou um chute que foi rebatido pelo goleiro Jiménez, mas o atacante alemão aproveitou o rebote e fez 1 a 0.

Aos 60, os atacantes do América pressionaram a saída de bola do Chelsea. Reece James atrasou a bola e surpreendeu o goleiro Marcus Bettinelli que não conseguiu evitar um gol contra que deixou tudo igual.

Perto do fim, aos 83 minutos, Mason Mount acertou um chute de fora da área e superou Jiménez dando a vitória ao Chelsea por 2 a 1.

Na quarta-feira, as duas equipes farão outros amistosos nos Estados Unidos. O América enfrentará outro time inglês, o Manchester City, no NRG Stadium, em Houston, Texas, enquanto o Chelsea enfrentará o Charlotte, dos Estados Unidos, no Bank of America Stadium, em Charlotte, Carolina do Norte.

Escalações:

Chelsea (primeiro tempo): Kepa Arrizabalaga, Trevoh Chalobah, Thiago Silva, Malang Sarr, Callum Hudson-Odoi, Ross Barkley, Conor Gallagher, Ben Chilwell, Hakim Ziyech, Kai Havertz, Robert Kenedy. Técnico: Thomas Tuchel.

Chelsea (segundo tempo): Marcus Bettinelli, Reece James, César Azpilicueta, Ethan Ampadu, Emerson Palmieri, Marcos Alonso, Mason Mount, Jorginho, Christian Pulisic, Michi Batshuayi, Timo Werner.

América: Guillermo Ochoa (Oscar Jiménez 33), Jorge Sánchez, Sebastián Cáceres, Bruno Valdez, Mauricio Reyes, Pedro Aquino, Jonathan dos Santos, Jurgen Damm, Miguel Layún, Álvaro Fidalgo, Henry Martín. Técnico: Fernando Ortiz.

Entraram no segundo tempo: Román Martínez, Richard Sánchez, Sebastián Martínez, Jonathan Rodríguez, Diego Valdés e Alejandro Zendejas.

str/gfe/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos