Chelsea precisa de nova geração de defensores, diz Tuchel

Thomas Tuchel durante partida do Chelsea contra o Everton pelo Campeonato Inglês

(Reuters) - O técnico do Chelsea, Thomas Tuchel, ficou satisfeito com o desempenho de Thiago Silva, Cesar Azpilicueta e Kalidou Koulibaly no sábado, mas com os três com uma idade somada de 100 anos, ele sabe que o clube precisa garantir a próxima geração de defensores.

O Chelsea, que venceu o Everton por 1 x 0 na estreia da Premier League, perdeu Antonio Rudiger, 29, e Andreas Christensen, 26, no final da temporada, antes de contratar o senegalês Koulibaly, do Napoli.

"Estamos muito felizes por ter jogadores como Azpi, Thiago e Kalidou, mas também é importante que tenhamos a próxima geração para substituí-los nos próximos anos", disse o alemão ao site do clube.

"O esporte é muito físico e muito exigente, esta é a situação, então precisamos de outros jogadores para revezar com esses caras", acrescentou.

"É fato que temos os três de trás, o goleiro e dois dos seis, Jorginho e N'Golo (Kante), todos na casa dos trinta. É assim que as coisas são e, embora estejamos felizes com esses caras, também precisamos considerar o futuro."

O Chelsea, terceiro na temporada passada, recebe o rival londrino Tottenham Hotspur no domingo.

(Reportagem de Dhruv Munjal em Nova Délhi)