Cheia de admiração Swiatek afirma: 'Não podemos copiar o que Serena fez'

Divulgação


A polonesa numero 1 do mundo, Iga Swiatek, conversou com os jornalistas no primeiro dia de coletivas dos principais favoritos ao US Open, e dentre muitas coisas, comentou sobre Serena Williams que aos 40 anos irá se aposentar do tênis durante o torneio.

"Para mim ainda é surreal quando a vejo, sinto que sou uma garota ao lado dela, a vi toda a minha vida, ela estava em todos os lugares porque sempre ganhava, sempre jogava as semifinais e finais. Nunca senti que poderia ser tenista porque a via muito mais forte, nosso jeito de jogar não era parecido, temos condições diferentes. Mentalmente, ela é especialista em mostrar onde você está, ela sabe como intimidar, como ser a número 1. Agora estou tentando fazer isso, mesmo que não consiga (risos)", iniciou Swiatek falando sobre a norte-americana dona de 23 títulos do Grand Slam.

"Sem dúvida, Serena é um grande exemplo, ela é uma pessoa incrível, poucos atletas conseguiram o que ela conseguiu. Ela abriu caminho para muitos outros e nos ensinou que tudo pode ser alcançado, o céu é o limite”, continuou.

Ao ser questionada sobre como via Serena número 1, a polonesa pontuou: “Agora entendo tudo um pouco melhor essa situação, sei como às vezes é difícil encontrar o equilíbrio e manter o foco nas coisas certas. Acho que ela sempre se saiu muito bem, provavelmente também tinha uma ótima equipe para orientá-la. Cada um tem o seu caminho, não podemos copiar o que a Serena fez, porque se você tentar imitá-la não vai dar certo. Um dos meus objetivos é ser consistente ao longo da minha carreira, ficar no top 10 por muito tempo. Ela foi a número 1 por muito tempo, é uma coisa muito louca, então agora estou tentando entender como ela conseguiu", finalizou.