Chateado, Vítor Pereira condena invasão de campo em Santos e Corinthians: 'Não é futebol'


O técnico Vítor Pereira se mostrou bastante chateado com a invasão de campo e tentativa de agressão aos atletas, principalmente ao goleiro Cássio, após o jogo de volta das oitavas de final da Copa do Brasil, na Vila Belmiro, contra o Santos.

+ Como está o Corinthians para a abertura da janela de transferências? O vaivém do mercado no Timão

O treinador corintiano, que já teve que deixar partidas dentro de tanque de guerra, quando dirigia o Fenerbaçhe, da Turquia, ressaltou que já viveu situações idênticas a desta quarta-feira (13) em outro país, mas salientou que isso é algo que excede o futebol.

Vítor não quis se estender sobre possíveis providências, mas deixou claro que medidas precisam ser tomadas para melhorar a segurança nos estádios.

– Já vivi situações idênticas a esta, mas isso de fato não é futebol e não pode ser isso. Eu não posso estar aqui fazendo comentários a isso, mas isso não é futebol, as pessoas não podem ver o futebol dessa forma. Muita frustração. Santos não está passando por uma fase boa, naturalmente há frustração para as pessoas, mas isso não pode. Tem que se tomar medidas porque se não deixamos de ter segurança e se eixamos de ter segurança não há futebol – afirmou Pereira em entrevista coletiva após o jogo, na Vila.

Para Vítor Pereira, o debate sobre o tema precisa gerar providências em relação às autoridades.

– A partir disso são as pessoas que precisam fazer as avaliações e as pessoas que estão no poder tomar as decisões – salientou VP.

O treinador corintiano também trouxe a importância deste tipo de atitude ser revista, pensando na valorização do produto que é o futebol brasileiro.

- Tem que se tomar medidas, porque, com certeza, amanhã em Portugal não vão falar da nossa classificação, mas da invasão do campo. Vendo, a imagem que passa é essa. Não se pode vender um produto com a qualidade que tem aqui, que poderia ser de um nível muito mais alto com cenas dessa - argumentou Vítor Pereira.

Em campo, mesmo tendo sido derrotado por 1 a 0, em Santos, o Timão bateu o Peixe e avançou às quartas de final da Copa do Brasil. A promoção se deu pela goleada por 4 a 0 aplicada pelo Corinthians no jogo de ida, na Neo Química Arena, há três semanas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos