Chance de sair? São Paulo tem jogadores importantes que ainda não fizeram sete jogos no Brasileirão

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Nikão, Arboleda e Rigoni estão na lista (Foto: Montagem LANCE!)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


No próximo mês, a janela de transferências abrirá novamente, e clubes como o São Paulo estarão de olho para a compra e venda de jogadores. Uma condição define alguns movimentos da janela nacional: o limite de sete jogos no Brasileirão em que o jogador não pode disputar o torneio por outra equipe, o que afasta a possibilidade de transferência para outro time da elite. O Tricolor tem atletas importantes que ainda não atingiram esse limite e podem despertar interesse de outros clubes.


Tabela
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro e simule os próximos jogos

A lista conta com jogadores que brigam pela titularidade, reforços desta temporada e joias da base. Patrick, Toró, Nikão, Luan, Miranda, Arboleda, Reinaldo, Gabriel, Andrés Colorado, Talles, André Anderson, Rigoni, Igor Vinicius, Juan e algumas joias como Caio, Beraldo e Luizão, são os jogadores que podem atuar em outra equipe do Brasileirão.

Alguns atletas dessa lista, como Miranda, Toró, Gabriel, Reinaldo, Rigoni e Igor Vinícius já podem assinar pré-contrato com outra equipe a partir de julho. Em alguns casos, uma compensação financeira pode fazer com que os atletas saiam do time antes do final do ano. No entanto, ainda não há negociação com nenhum desses jogadores.

Outros jogadores estão a um jogo de completarem o sétimo pelo São Paulo no Brasileirão: Arboleda, Reinaldo e Rigoni. Desses três, apenas o zagueiro equatoriano não tem chance de enfrentar o Coritiba, quinta-feira (09), às 20h, no Couto Pereira, por estar servindo sua seleção.

ENTENDA A REGRA DA CBF
De acordo com o Capítulo 3 (Da condição de jogo dos atletas) do Regulamento Específico da Competição do Brasileirão de 2022, “um atleta somente poderá ser inscrito por outro clube do Brasileirão Assaí, após o início do CAMPEONATO, se tiver atuado em um número máximo de 6 (seis) partidas pelo clube de origem”.

§ 1º – Considera-se como atuação o ato do atleta entrar em campo para a disputa da partida, desde o início ou no decorrer da mesma.

§ 2º – O atleta que tenha atuado por um clube no CAMPEONATO somente poderá atuar por mais um clube.

§ 3º – Uma vez iniciado o CAMPEONATO, cada clube poderá inscrever até 5 (cinco) atletas anteriormente inscritos por outros clubes do Brasileirão Assaí, sendo no máximo 3 (três) atletas de um mesmo clube.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos