Ceni pede, e São Paulo vai negociar renovação de contrato de Rafinha; Éder deve ser único veterano a sair


Pra atender um pedido feito pelo técnico Rogério Ceni, a diretoria do São Paulo deve iniciar nos próximos dias as conversas em busca de uma renovação do contrato do experiente lateral-direito Rafinha.


GALERIA
+ Confira as notas dadas aos jogadores do São Paulo na atuação na derrota no Maracanã pela semifinal da Copa do Brasil


O vínculo do jogador de 37 anos com o Tricolor vai até dezembro deste ano e, com 40 jogos até agora e nenhum gol marcado, agradou Ceni pela sua versatilidade em campo. Nos momentos de dificuldade, Rafinha, que perdeu espaço para Igor Vinícius nos titulares, chegou até mesmo a atuar de zagueiro.

O LANCE! apurou com fontes da cúpula do futebol são-paulino que o plano de Ceni é fazer com que o clube ofereça pelo menos mais um ano de vínculo ao camisa 13, que agrada internamente pela postura e entrosamento, principalmente com os mais jovens.

Com a informação, é mais um de contrato acabando no Morumbi que está na mira para a renovação. Até o momento, de todas as peças do plantel nessa situação, a diretoria renovou oficialmente apenas com Igor Vinícius, Calleri e o jovem goleiro Thiago Couto.

Pelo menos mais dois atletas estão nos planos para a renovação. Com Reinaldo, conforme o L! revelou semanas atrás, as bases salariais chegaram a ser acertadas, mas há empecilhos quanto às luvas, já que na última prorrogação de vínculo o camisa 6 ficou sem recebê-las pela crise financeira que atravessa o Tricolor.

O outro é Miranda. Aos 38 anos, o jogador é alvo de elogios públicos tanto de Ceni quanto de dirigentes, que revelaram publicamente os planos de renovação. Ao L!, contudo, pessoas de seu estafe mantém a posição de esperar pelo final da temporada para avaliar a situação.

De todos os atletas em fim de contrato, quem está com saída praticamente acertada é o atacante Éder. Outro veterano, de 35 anos, teria comunicado que não quer ficar em 2023. Não que seja só vontade dele. Com a contratação de Bustos, a busca do clube por outros nomes para o setor e sua ausência rotineira entre os titulares, sua permanência já estava praticamente descartada.

Outros nomes, como o do jovem zagueiro Luizão, cujo vínculo vai até janeiro, e o meia Igor Gomes, até março, seguem indefinidos.

Entre os emprestados com opção de compra, o Tricolor definiu que ficará com o uruguaio Gabriel Neves e discute com o Nacional, do país vizinho, a forma de pagamento dos cerca de US$ 1,8 milhão (quase R4 10 milhões). Enquanto isso, o também volante Colorado não agradou e será devolvido à Colômbia, seu país natal.

TABELA
> Confira classificação, jogos e simule resultados do Brasileirão-22
> Confira todos os jogos da Copa Sul-Americana-22
> Conheça o novo aplicativo de resultados do LANCE!