Ceni explica como funciona a divisão de cobranças de pênalti no São Paulo: 'O primeiro batedor é o Reinaldo'

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O técnico Rogério Ceni não gostou nada da atuação dos jogadores do São Paulo diante do Avaí, na Ressacada, pelo Campeonato Brasileiro. O comandante detonou a apresentação do time, principalmente depois do pênalti perdido por Calleri, quando o Tricolor vencia o jogo por 1 a 0.

GALERIA
> ATUAÇÕES: Calleri perde pênalti e Jandrei falha em empate do São Paulo com o Avaí

TABELA
> Veja tabela do Campeonato Brasileiro

Avaí x São Paulo - Ceni
Avaí x São Paulo - Ceni

Rogerio Ceni, durante empate do São Paulo contra o Avaí (Foto: Victor S Fernandes/W9 Press)

Antes de o argentino perder, Reinaldo já havia convertido uma cobrança no primeiro tempo. Sobre Calleri ter sido o jogador da segunda cobrança, o treinador explicou como funciona a divisão no São Paulo nestes casos.

- O pênalti, depois que a bola sai, não entra, é mais fácil fazer qualquer julgamento. O primeiro batedor é do Reinaldo. É responsabilidade dele bater quanto está em campo. E Luciano e Calleri são os outros batedores - comentou Rogério Ceni.

- Os três são denominados, mas o primeiro batedor é o Reinaldo, a decisão a ser tomada é dele. A não ser que ele não esteja com confiança, um dos outros dois executa a cobrança - completou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos