Cebolinha, Tardelli, Luciano... como era o Grêmio no último encontro com o CSA na Arena

Em 2019, Diego Tardelli marcou um dos tentos (Lucas Uebel/Grêmio)


A diferença de cenário existente no Grêmio da atualidade para as ambições de anos recentes fica ainda mais clara quando observamos as diferenças no contexto do encontro com o CSA, nesta terça-feira (4), para a última vez que as equipes duelaram na Arena.

>Veja 10 jogadores brasileiros que estão sem clube

No ano de 2019, a partida em questão aconteceu pela 31ª rodada da Série A do Campeonato Brasileirão onde o triunfo poderia aliviar a complicada situação do time alagoano, então na zona de rebaixamento, e auxiliar o Tricolor na busca por entrar no G4 da competição que daria vaga direta na fase de grupos da Libertadores.

Além das aspirações, a formatação dos dois elencos também deixa claro a extrema diferença na montagem das equipes. No banco de reservas, por exemplo, Renato Portaluppi é elemento comum dos dois jogos, porém após um "hiato" de 17 meses dentre sua saída e retorno ao Grêmio. Do lado alagoano, Argel Fuchs era o técnico da época enquanto Roberto Fernandes está atualmente na função.

Em relação aos autores dos gols, a diferença também fica notória já que Diego Tardelli, hoje sem clube, abriu a contagem para os gremistas aos sete minutos do primeiro tempo.

O lateral-esquerdo Rafinha (atualmente no Náutico) chegou a empatar já aos 44 minutos do segundo. Porém, um gol contra aos 47 do zagueiro Ronaldo Alves, atleta que defende o Guarani desde o ano passado, decretou o triunfo do Imortal.

RELEMBRE A FICHA TÉCNICA DE GRÊMIO x CSA PELO BR-2019

Local:
Arena do Grêmio, Porto Alegre (RS)
Data e hora: 07/11/2019 - 21h (horário de Brasília)
Público e renda: 13.244 pessoas / R$ 304.304,00
​Árbitro: José Mendonça da Silva Junior (PR)
Assistentes: Bruno Boschilia e Rafael Trombeta (ambos PR)
VAR: Paulo Roberto Alves Júnior (PR)
Cartões amarelos: Kannemann, Maicon (GRE); Alan Costa, Bruno Alves (CSA)
Cartões vermelhos: -
Gols: Diego Tardelli (7'/2°T), Rafinha (44'/2°T), Ronaldo Alves (contra) (47'/2°T)

GRÊMIO (Técnico: Renato Portaluppi)

Paulo Victor; Léo Moura, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez; Matheus Henrique, Maicon (Rômulo, aos 33'/2°T) e Diego Tardelli (Patrick, aos 38'/2°T); Alisson (Pepê, aos 22'/2°T) Luciano e Everton Cebolinha.

CSA (Técnico: Argel Fuchs)

João Carlos; Celsinho, Alan Costa, Ronaldo Alves e Euller (Ricardo Bueno, aos 31'/2°T); João Vitor, Jean Cléber e Didira (Bruno Alves, no intervalo); Warley, Alecsandro e Bustamante (Rafinha, aos 22'/2°T).