CBSk lamenta decisão da World Skate sobre os Mundiais no Brasil e apoia STU na manutenção dos eventos

Foto: Júlio Detefon/Divulgação STU


A Confederação Brasileira de Skate (CBSk) lamentou a decisão da World Skate de não participar mais da realização dos Mundiais de Park e Street de 2022, conforme a entidade internacional informou nesta sexta-feira (2). A CBSk, no entanto, reiterou que as duas competições estão confirmadas e acontecerão na Praça Duó, em outubro, no Rio de Janeiro.

A Confederação Brasileira de Skate se uniu ao STU e apoiou a plataforma na realização dos dois campeonatos que serão os maiores eventos da modalidade desde as Olimpíadas de Tóquio.

+ Nadal leva susto de jovem, mas vence no retorno ao US Open

Até aqui, a World Skate realizou apenas um evento classificatório para os Jogos de Paris (Pro Tour, em Roma, voltado para o Street) e não há confirmação oficial de mais nenhuma outra competição.

Na corrida para Tóquio 2020, o protagonismo do skate institucional do Brasil na cena internacional fez com que o país fosse palco de três eventos classificatórios para as Olimpíadas, dois deles com peso de Mundial.

+ Bia Haddad entra em quadra após vitória no US Open: veja onde assistir

Reafirmando a importância do Brasil, CBSk, STU e World Skate abriram diálogo na atual temporada para a realização dos Mundiais de Park e Street de 2022 em solo brasileiro.

Em maio, a CBSk - como entidade filiada à World Skate no Brasil - e a plataforma STU - promotora dos dois eventos - assinaram um memorando de entendimentos com a World Skate para a realização dos dois campeonatos.

+ Surfe: brasileiros lutam por vaga extra nas Olimpíadas de Paris

A CBSk e o STU reforçam que todas as condições negociadas e inseridas no memorando foram cumpridas pelas duas partes brasileiras, a fim de construir dois grandes eventos em parceria com a World Skate.

No entanto, a World Skate apresentou algumas exigências que não estavam de acordo com o memorando e com o que já havia sido acertado entre as três partes. Dessa forma, STU e World Skate não chegaram a um acordo conceitual e comercial.

Como até o momento não há um calendário oficial de eventos classificatórios para Paris 2024, a CBSk lamentou a decisão da federação internacional também pelo aspecto de organização e planejamento do atual ciclo olímpico.