CBF irá transmitir ao vivo construção da linha de impedimento

Decisão da Comissão de Arbitragem da CBF busca dar transparência para que torcedores entendam como é formada a linha.
Decisão da Comissão de Arbitragem da CBF busca dar transparência para que torcedores entendam como é formada a linha. Foto: (Miguel Schincariol/Getty Images)

Wilson Seneme, presidente da Comissão de Arbitragem da CBF informou, na manhã desta quarta-feira, que uma novidade a respeito do processo de construção da linha de impedimento do VAR será implementada ainda na próxima rodada da Série A do Campeonato Brasileiro.

Em formato de teste, apenas na elite do torneio nacional, a construção da linha será divulgada ao vivo nas transmissões das partidas. De acordo com Seneme, o objetivo é de que haja um maior entendimento a respeito dos processos realizados pelas equipes de arbitragem de vídeo: "A gente vai disponibilizar a construção da linha do impedimento na transmissão ao vivo. Não vai mais enviar a foto da jogada para a transmissão colocar na sequência. A gente entende que quando as pessoas que estão acompanhando a transmissão começarem a acompanhar a construção da linha, vão entender melhor o final dela. A gente quer dar treinamento diário para esses árbitros para que possam melhorar essa linha de intervenção, é o que estamos buscando".

Leia também:

Outro anúncio feito foi, também, de que serão disponibilizados outros vídeos e áudios das discussões entre as equipes de arbitragem de campo e da cabine de revisão, algo que só acontece, atualmente, quando o lance é revisado. A ideia da Comissão de Arbitragem é de divulgar lances que deveriam ter sido checados, mas, por alguma razão, não foram.

De acordo com Wilson Seneme, o aumento da equipe de trabalho permitirá que novos lances sejam divulgados: "Nós estávamos com um grupo reduzido de trabalho, por isso não publicamos tudo. A partir de agora, podem nos cobrar mais. Essa demanda tem que ser absorvida".

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos