Cavani rejeita Boca Juniors e define permanência na Europa como prioridade

Edison Cavani é um dos maiores nomes da história do futebol uruguaio (Foto: PABLO PORCIUNCULA / AFP)


Após dois dias de negociações avançadas com o Boca Juniors, o centroavante Edinson Cavani optou por não se juntar ao clube argentino. A informação é do jornalista Fabrizio Romano, especializado em transferências.

A publicação também ressalta que a decisão do atacante uruguaio se deu por conta de sua família. Aos 35 anos, Cavani definiu como prioridade uma permanência no futebol europeu após deixar o Manchester United na última temporada após o término de seu contrato.

O destino ideal para Cavani, ainda segundo Romano, é o futebol espanhol. O sonho do jogador e de sua família é um ingresso na La Liga e seus empresários já estariam em contato com clubes do país oferecendo os serviços de Cavani.

Revelado pelo Danubio, do Uruguai, Edinson Cavani construiu boa parte de sua carreira no futebol europeu, passando por clubes como Palermo e Napoli na Itália. O uruguaio atuou no Paris Saint-Germain por sete temporadas antes de se juntar ao Manchester United em 2020.