Catar confirma exigência de teste de Covid para torcedores na Copa do Mundo

Estádio da Copa do Mundo do Catar

(Reuters) - Os torcedores que participarem da Copa do Mundo no Catar precisam apresentar prova de teste negativo para Covid-19, independentemente de seu status de vacinação, disseram os organizadores em comunicado nesta quinta-feira.

Todos os visitantes com seis anos ou mais precisam apresentar um resultado negativo de um teste de PCR realizado dentro de 48 horas antes de sua partida ou um teste rápido de antígeno realizado nas 24 horas anteriores à chegada, disse o Comitê Supremo para Entrega e Legado.

Os resultados dos testes rápidos de antígeno só serão aceitos se forem de centros médicos oficiais e não autoadministrados. Não serão necessários mais testes no Catar se os visitantes não desenvolverem sintomas de Covid-19.

Os visitantes com 18 anos ou mais também precisarão baixar um aplicativo de rastreamento de contatos administrado pelo governo chamado Ehteraz.

"Um status verde Ehteraz (mostrando que o usuário não tem um caso confirmado de Covid-19) é necessário para entrar em qualquer espaço público fechado", acrescentou o comunicado.

Os torcedores terão que usar máscaras no transporte público, mas a vacinação não é obrigatória para o fluxo sem precedentes de 1,2 milhão de visitantes esperado entre os dias 20 de novembro a 18 de dezembro.

"Qualquer pessoa que teste positivo para Covid-19 enquanto estiver no Catar será obrigada a se isolar de acordo com as diretrizes do Ministério da Saúde Pública", informou o comunicado.

O Catar registrou mais de 440.000 casos confirmados de Covid-19 e 692 mortes pelo vírus, segundo dados do Ministério da Saúde Pública.

O país tem uma população de 2,8 milhões, dos quais apenas 380.000 são cidadãos do Catar. Um total de 7.487.616 doses de vacina foram aplicadas até agora, de acordo com os dados.

(Reportagem de Hritika Sharma em Bangaluru)