Casos de Covid são teste para Copa do Mundo, diz técnico da seleção alemã

Técnico Hansi Flick

FRANKFURT, Alemanha (Reuters) - A ausência de última hora do capitão da Alemanha Manuel Neuer e do meio-campista Leon Goretzka para jogos da Liga das Nações é frustrante, mas uma boa maneira de testar os procedimentos antes da Copa do Mundo no Catar, disse o técnico da Alemanha, Hansi Flick, nesta quinta-feira.

Os alemães, que enfrentam a Hungria na sexta-feira em Leipzig antes de viajar para a Inglaterra na próxima semana, não poderão contar com a dupla, que foi descartada com infecções por Covid-19 na quarta-feira.

"Foi uma boa preparação. Não sabemos o que vai acontecer no Catar e algo assim pode acontecer conosco lá também", disse Flick em entrevista coletiva. "Temos que ser sempre capazes de reagir, de lidar com a situação da melhor maneira possível."

Horas depois que os casos foram conhecidos, Flick convocou Maximilian Arnold e o goleiro Oliver Baumann como substitutos.

"Estamos felizes que ambos estavam em pleno treinamento (apesar da pausa para os jogos de seleções)", disse o técnico.

Flick vai começar com Marc-Andre ter Stegen no gol contra a Hungria, enquanto ele procura ajustar sua equipe antes da Copa do Mundo, que começa em menos de dois meses.

"É bom ter estes jogos agora. Vamos usar estes jogos para afinar o nosso jogo... Por isso queremos chegar à fase final (da Liga das Nações). Depende de nós e estamos bem preparados", acrescentou ele.

(Reportagem de Karolos Grohmann)