Carro de Gasly pega fogo em treino da Fórmula 1

Incêndio aconteceu quando Pierre Gasly recolhia seu carro aos boxes da Alpha Tauri. Foto: (Reprodução/F1)
Incêndio aconteceu quando Pierre Gasly recolhia seu carro aos boxes da Alpha Tauri. Foto: (Reprodução/F1)

Um susto tomou conta do segundo treino livre do Grande Prêmio de Singapura da Fórmula 1. Quando Pierre Gasly recolhia seu carro aos boxes da Alpha Tauri, após uma sessão de voltas na pista, a parte superior de seu carro, próximo ao capacete do piloto francês, pegou fogo e causou tensão durante alguns segundos, mas nada de grave aconteceu com o piloto ou com o automóvel.

Um vídeo publicado pelo perfil oficial da categoria no Twitter mostra o momento em que os mecânicos da Alpha Tauri encaminham o carro de Gasly para os boxes e as chamas surgem. Um mecânico da Aston Martin, que tem seus boxes colados ao da equipe do francês, tratou de apagar o fogo imediatamente, permitindo que Gasly saltasse do carro rapidamente.

Leia também:

Pierre Gasly comentou sobre o episódio, minimizando o pequeno e rápido incêndio, mas citando uma sensação um tanto quanto curiosa no momento: "Faz parte do treino! Checando quão forte o motor é nessas condições quentes. Não foi o ideal, ficou ligeiramente quente. Quando conectamos o resfriador, pegou fogo, mas conseguimos apagar e recomeçar de novo. Foi um pouco de uma sensação de churrasco, mas nada muito ruim no fim das contas".

Yuki Tsunoda, companheiro de equipe de Gasly, também teve problemas no segundo treino livre, fazendo com que a sexta-feira da Alpha Tauri não fosse das melhores. Apesar de Gasly conseguir retornar às atividades com o mesmo veículo, o japonês teve de abandonar a sessão por causa de problemas no sistema de abastecimento de seu carro.