Carreño exalta conquista em Montreal: 'Não é fácil vencer um Masters'

Divulgação


O espanhol Pablo Carreño Busta, 23º da ATP, comemorou a conquista de seu primeiro título em nivel Masters 1000 alcançado neste domingo em Montreal e ressaltou que é preciso curtir esses momentos, já que é um momento raro.

Medalhista de bronze nos Jogos Olímpicos de Tóquio, derrotando o sérvio Novak Djokovic, então número 1 do mundo, na decisão de medalha, Carreño foi questionado se o troféu em Montreal é mais significativo e optou por não comparar as conquistas.

"Este não é meu primeiro título, mas com certeza é o mais importante. É um Masters 1000, ganhar esse tipo de título é ótimo. Este ano não tive bons resultados, mas posso finalmente dizer que tenho esse troféu , e é muito importante. É difícil comparar com os Jogos, porque as Olimpíadas são as Olimpíadas. Foi uma medalha de bronze, não ganhei o título como hoje, mas venci [Daniil] Medvedev, e Djokovic para ser medalhista de bronze é provavelmente o momento mais emocionante de toda a minha carreira. É verdade que hoje também estou muito, muito feliz. São sensações diferentes, mas gosto das duas", pontuou sem responder diretamente a pergunta.

O espanhol também foi questionado se em algum momento duvidou de si para a conquista do torneio e negou, apesar de compreender a dificuldade de conquistar um título neste nível: "Eu nunca senti nenhuma pressão extra para esta final. Eu sei que não é fácil vencer esse tipo de torneio. Nem todo mundo conseguiu ganhar um Masters 1000. Por exemplo, [David] Ferrer foi o 3º do mundo e ele só tem um [Paris 2013]. Eu sei que é muito complicado, mas não senti nenhuma pressão extra, é verdade que agora que tenho a oportundiade tenho aproveitar, certo? Vou tentar não focar apenas nos títulos, mas viver os momentos, aproveitar meu jogo, cada evento, a vida em geral. Neste ponto da minha carreira, aos 31 anos, agora preciso aproveitar. Provavelmente sou mais velho ainda, não sei se três, quatro, cinco ou seis, mas Não tenho certeza, então tenho que aproveitar muito", finalizou.