Carli muda o Botafogo, deixa Calleri 'no bolso' e é importante em vitória

Carli teve, individualmente, partida de poucos problemas pelo Botafogo (Foto: Vítor Silva/Botafogo)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Diante de problemas defensivos, o Botafogo acionou um velho conhecido para buscar um resultado positivo. Joel Carli foi um dos personagens da vitória do Glorioso sobre o São Paulo, nesta quinta-feira, pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro.

+ John Textor valoriza vitória do Botafogo: 'Muito orgulhoso'

Foi a primeira aparição do 'Capitán' como titular no Brasileirão. Antes utilizado no onze titular por Luís Castro apenas contra o Ceilândia, pela Copa do Brasil, o camisa 3 entrou em uma prova de fogo e se saiu como um dos destaques no Nilton Santos.

Isso se deu porque Luís Castro optou por uma formação com três zagueiros. Carli foi o defensor central, com Kanu à direita e Victor Cuesta completando a primeira linha da equipe.

Joel Carli contribuiu com seis cortes, um chute bloqueado, uma interceptação e não cometeu faltas. Além disso, venceu dois de quatro duelos aéreos que fez e teve 100% de sucesso nas disputas aéreas. Os dados são do "SofaScore".

A atuação é ainda mais valorizada porque Carli entrou em campo com a intenção de marcar Calleri, artilheiro do Brasileirão. O camisa 9 do São Paulo não teve uma boa tarde: venceu uma disputa aérea de sete e não acertou o alvo de Gatito Fernández.

A tendência é que Carli continue na equipe titular mesmo se Luís Castro retornar ao esquema antigo, com dois zagueiros. Kanu e Victor Cuesta estão suspensos para a partida contra o Internacional, no próximo domingo.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos