Capitão do Corinthians, Matheus Araújo critica provocação de jogadores do Palmeiras após final


Uma das principais promessas do Corinthians, o meia Matheus Araújo, capitão do time sub-20 corintiano, criticou a postura de alguns atletas palmeirenses após a final do Campeonato Brasileiro Sub-20, vencida pelo Verdão, em plena Neo Química Arena, na manhã deste domingo (25).

+ Manto do Corinthians: veja os modelos finalistas para quarta camisa do Timão em 2023

Após o apito final, houve uma confusão entre os atletas dos times, que acabou estendendo para arquibancada, com torcedores invadindo o campo e sendo contidos por força policial.

De acordo com Araújo, a briga foi ocasionada por conta de uma suposta provocação de atletas palmeirenses em frente ao banco de reservas corintiano.

- Acho que acabou tendo uma comemoração em frente ao nosso banco de reservas e os meninos ficaram irritados. Isso não pode acontecer, é jogo de alto nível, com duas equipes qualificadas e acho que foi isso que acabou ocasionando a confusão. Provocação a mais acabou atrapalhando - disse o jogador às detentoras dos direitos de transmissão do torneio.

Sobre a partida, Matheus lamentou a derrota e deixou claro que a missão agora é não deixar se abater.

- Agora é levantar a cabeça e seguir em frente. O futebol não acaba aqui, temos uma carreira pela frente e muito para mostrar ainda. Infelizmente, a derrota não era o que esperávamos, mas acabou acontecendo - concluiu Matheus.

Matheus Araújo é um dos jogadores que estiveram na decisão e que possui jogos pelo profissional. O atleta chegou a atuar nove minutos contra o Santos, pela Copa do Brasil, e no ano passado 12 minutos contra o Novorizontino, pela primeira fase do Paulistão, com o técnico Vágner Mancini.