Canal Olímpico do Brasil fecha parceria para transmitir Diamond League até 2024

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Alison dos Santos vence Diamond League em Oslo (Divulgação/Diamond League)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


Em momento de crescente, o Canal Olímpico do Brasil garantiu transmissões da Diamond League de Atletismo por dois anos. O acordo firmado junto a IMG começa a valer neste mês e vai até o fim de 2024.

De olho na etapa da Polônia, que começará neste sábado, a parceria visa acompanhar nomes fortes do atletismo brasileiro, como Thiago Braz e Alison dos Santos. Para o presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB), Paulo Wanderley, o crescimento do canal é fundamental para a visibilidade dos atletas.

- O crescimento do Canal Olímpico do Brasil é um dos nossos principais objetivos e transmitir competições internacionais renomadas se torna um caminho natural. Estamos muito satisfeitos em fechar esse acordo para termos os direitos de transmissão da Diamond League, tradicional disputa do atletismo que vai servir de termômetro para o desempenho dos nossos atletas neste ciclo de Paris 2024 - disse, antes de completar:

+ Presidente do COB analisa preparação para Paris 2024: 'Confiantes na caminhada'


- A nossa intenção é ampliar cada vez mais a oferta de transmissões em competições de diferentes modalidades e contemplar as ótimas performances dos atletas do Time Brasil - finalizou.

Além da etapa de Silésia, na Polônia, o Canal Olímpico do Brasil transmitirá as provas em Mônaco, Lausanne (Suíça), Bruxelas (Bélgica) e Zurique (Suíça). Vale destacar, também, que a plataforma de streaming do COB exibirá os Jogos da Juventude, disputados em Aracaju, em setembro.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos