Campeão olímpico em 2016, Joseph Schooling é suspenso por uso de maconha

Atleta admitiu ter usado a substância ilícita em folga (MARTIN BUREAU / AFP)


Ouro nas Olimpíadas de 2016, disputadas no Rio de Janeiro, Joseph Schooling está com um grande problema. Mesmo sem ter sido flagrado no exame antidoping, o nadador confessou ter usado maconha durante os Jogos do Sudeste Asiático (SEA Games), em maio. Ele será suspenso por dois anos pela confissão.

Schooling estava de folga do serviço militar e, com a confissão, não poderá treinar e nem competir no período. O nadador foi punido pelo ministério da defesa de Singapura, termina o serviço no inídio de 2024 e será submetido a mais testes durante o tempo da punição.

+ Agência antidoping adota postura mais agressiva contra 'contaminação acidental'

Deu para entender que as forças armadas do país têm uma política contra as drogas bastante pesada. Recordista nacional e campeão olímpico, Schooling passava por um momento complicado, especialmente por conta da morte do pai, em novembro de 2021. Mesmo assim, ele não foi aliviado pelo poder público.

- Eu peço desculpas se minha ações causaram dor às pessoas ao meu redor, especialmente à minha família e aos jovens fãs que me têm como inspiração. Eu me deixei levar em um momento de dificuldades na minha vida. Eu errei e sou responsável por tudo que fiz - disse, em publicação nas redes sociais.

+ Recordes: confira todas as marcas já batidas na Olimpíada do Rio

O nadador é um ícone do esporte de Singapura, sendo um dos pouquíssimos a derrotarem Michael Phelps. Foi em 2016, como mencionado, na prova dos 100m nado borboleta e conquistou o ouro na competição.