Campeão mundial de jiu-jitsu, Leandro Lo é baleado na cabeça em clube de SP

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O campeão mundial de jiu-jitsu Leandro Lo foi baleado, na madrugada deste domingo (7), e teve a morte cerebral confirmada. O lutador assistia, com amigos e família, ao show do Grupo Pixote, no Clube Sírio, na avenida Indianópolis, em São Paulo. Após um desentendimento, Lo foi baleado na cabeça.

O advogado da família Ivã Siqueira Junior afirma que, segundo testemunhas, o desentendimento teve início após um homem entrar na roda de amigos de Lo, pegar uma garrafa de bebida e começar a chacoalhá-la. Ao mesmo tempo, o homem estaria encarando o lutador, como forma de provocação.

Lo teria, então, derrubado o homem e o imobilizado. Outras pessoas se aproximaram e separaram a briga, sem ter havido agressões, segundo relatos de testemunhas às quais o advogado da família teve acesso.

O homem teria, então, ainda perto do lutador, sacado uma arma e atirado uma única vez na cabeça do lutador. O atirador teria ainda chutado Lo, enquanto este estava caído no chão.

Siqueira Junior diz que o atirador, de acordo com a delegada responsável pelo caso, seria um policial militar, que ainda não foi preso.

Lo foi levado ao Hospital Municipal Dr. Arthur Ribeiro de Saboya.