Camaronês diz que Brasil 'não tem grupo unido' e fala sobre duelo na Copa do Mundo: 'Não temos medo'

Vincent Aboubakar tem 87 jogos e 33 gols pela seleção de Camarões (Foto: KENZO TRIBOUILLARD / AFP)


Adversária do Brasil na fase de grupos da Copa do Mundo, a seleção de Camarões não teme e equipe de Tite. Pelo menos é que o garante Vincent Aboubakar, capitão e camisa 10 dos Leões Indomáveis. Em entrevista ao portal "Actu Cameroun", o atacante fez duras críticas à equipe brasileira e disse que hoje a Canarinho não assusta mais.


- Caímos em um grupo difícil, com Brasil, Suíça e Sérvia. No entanto, não temos medo do Brasil porque esse time não é como os que conhecemos no passado. É claro que existem bons jogadores, mas para ir longe em uma competição como essa, você precisa de um grupo muito unido. Sem esse coletivo, de pouco adianta alinhar os grandes nomes - declarou Aboubakar.

+ Veja a tabela, os jogos e os grupos da Copa do Mundo de 2022

Brasil e Camarões se enfrentam no dia 2 de dezembro, no Estádio Lusail, em duelo que fecha a fase de grupos. A partida, portanto, pode ser apenas mera formalidade, dependendo de como for o desempenho das duas seleções nas duas primeiras rodadas.

+ Em sede inédita? Veja os times que estarão no Mundial de Clubes 2022

Em 2014, Aboubakar enfrentou a Seleção Brasileira na Copa do Mundo realizada no Brasil. O atacante foi titular no duelo que terminou com vitória da equipe de Felipão por 4 a 1, mas passou em branco. Neymar (duas vezes), Fred e Fernandinho fizeram os gols da Canarinho, enquanto Joel Matip, hoje no Liverpool, descontou.