Calleri desperdiça pênalti, São Paulo cede empate ao Avaí e perde chance de encostar na liderança

Reinaldo foi o responsável pelo gol do São Paulo (Foto: Roberto Zacarias/iShoot/LANCEPRESS!)


O São Paulo empatou com o Avaí por 1 a 1 na noite deste sábado, na Ressacada, e deixou escapar a chance de encostar na liderança do Campeonato Brasileiro. Reinaldo abriu o placar em cobrança de pênalti, e Muriqui empatou para os mandantes pela nona rodada. Quando o Tricolor vencia, Calleri, artilheiro da competição, desperdiçou uma penalidade.

Galeria
> Saiba quais são os clubes que mais cederam jogadores à Seleção Brasileira em Copas

Tabela
> Veja tabela do Brasileirão e simule os próximos jogos

SÃO PAULO COMEÇA MELHOR

O Tricolor paulista conseguiu controlar o jogo em boa parte do tempo. As primeiras chances foram criadas por Luciano, que completou o 100º jogo com a camisa do São Paulo. Aos cinco minutos, finalizou de longe, mas Vladimir fez uma grande defesa.

O Avaí tentou pressionar um pouco mais a partir dos 15 minutos da primeira etapa. Bissoli recebeu em boas condições e mandou direto para o gol, na primeira finalização do Leão da Ilha, mas Jandrei fez uma tranquila defesa.

AVAÍ EQUILIBRA E EXPLORA ERROS DO SÃO PAULO

Perto dos 30 minutos, o time de Rogério Ceni perdeu o ritmo de jogo. O Avaí passou a explorar melhor os espaços deixados pelo Tricolor, além dos erros de passes e dribles sem sucesso. No entanto, as duas equipes tiveram dificuldades para finalizar e levar perigo.

Kevin tentou marcar aos 42 minutos, porém Jandrei caiu para a fazer a defesa sem grandes problemas.

SÃO PAULO SAI NA FRENTE EM COBRANÇA DE PÊNALTI

Nos acréscimos, aos 47 minutos, o VAR chamou Anderson Daronco para analisar possível pênalti a favor do São Paulo em toque no braço do defensor Arthur Chaves. Após a revisão, a penalidade foi marcada pelo árbitro.

Na cobrança, Reinaldo bateu no alto, sem chances para o goleiro Vladimir, que chegou a acertar o canto, colocando o São Paulo na frente.

SEGUNDO TEMPO COMEÇA COM PÊNALTI PERDIDO

A etapa final começou conturbada na Ressacada. Logo no primeiro minuto, os jogadores do Tricolor reclamaram de falta de Arthur Chaves em Luciano. Novamente o VAR foi acionado, e após análise, Daronco considerou pênalti mais uma vez.

Desta vez, a responsabilidade ficou na mão de Calleri, artilheiro do campeonato, que falhou na cobrança e mandou para fora.

AVAÍ RECUPERA RITMO E EMPATA

Após o pênalti perdido pelo artilheiro do São Paulo, o Avaí adotou uma postura ofensiva, ainda mais com as mudanças realizadas por Barroca. Aos 11 minutos, Eduardo bateu para o gol, mas saiu pela linha de fundo. O Leão da Ilha começou a incomodar um pouco mais a defesa do Tricolor.

Aos 20', Eduardo arriscou mais uma vez. Jandrei defendeu, mas deu rebote nos pés de Muriqui, que aproveitou e garantiu o empate na Ressacada. Jandrei falhou no lance.

TRICOLOR SENTE O EMPATE E PERDE INTENSIDADE

Após o empate, o São Paulo perdeu ritmo de jogo e cedeu espaços para o adversário - o que deu chance para o Avaí encontrar contra-ataques.

Aos 30', Muriqui colocou o Tricolor paulista em perigo e quase marcou o gol da virada. Jandrei fez uma boa defesa e salvou a equipe.
Os últimos minutos mostraram dificuldade da equipe de Ceni de adentrar a área adversária e criar oportunidades.

Aos 41', Copete perdeu um gol sem goleiro. O atacante recebeu sozinho na área, tirou Jandrei da jogada e mesmo assim chutou para fora.

Calleri também perdeu a chance de garantir a vitória do Tricolor. Ao receber uma bola de Rigoni nos minutos finais, tentou de cabeça, mas foi para fora.

Com o resultado, o São Paulo chegou aos 14 pontos na tabela do Brasileirão 2022 e agora está em sexto lugar. Já o Avaí, chegou aos 11 pontos e está na 12º colocação.

O Tricolor volta a campo na próxima quinta-feira (9), contra o Coritiba, no Couto Pereira, às 20h já pela nona rodada. Já o Leão da Ilha, joga um dia antes, na quarta-feira (8), contra o Atlético-GO, fora de casa, às 20h30.

FICHA TÉCNICA
AVAÍ 1 X 1 SÃO PAULO
Local: Estádio da Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data/Horário: 04/06/2022, às 19h
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Michael Stanislau (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
Gols: Reinaldo, aos 48´/1ºT (0-1) e Muriqui, aos 22´/2ºT (1-1)
Cartões Amarelos: Arthur Chaves e Bruno Cortez (AVA), Léo e Alisson (SP)
Cartões Vermelhos: -

AVAÍ: Vladimir; Kevin, Rodrigo Freitas (Jean Pyerre, 9´/2ºT), Arthur Chaves e Bruno Cortez; Raniele, Bruno Silva e Eduardo (Jean Cléber, 32´/2ºT); Morato (William Pottker, 9´/2ºT), Bissoli (Copete, 38´/2ºT) e Muriqui. Técnico: Eduardo Barroca

SÃO PAULO: Jandrei; Diego Costa, Miranda e Léo; Igor Vinicius (Rigoni, 27´/2ºT), Gabriel (Pablo Maia, 27´/2ºT), Rodrigo Nestor, Alisson e Reinaldo (Welington, 35´/2ºT); Luciano (Eder, 35´/2ºT) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos