Cachorro invade amistoso feminino entre Chile e Venezuela

Cachorro invadiu amistoso feminino entre Chile e Venezuela no último fim de semana. Foto: Getty Images
Cachorro invadiu amistoso feminino entre Chile e Venezuela no último fim de semana. Foto: Getty Images

A partida amistosa entre as seleções femininas de Chile e Venezuela, disputada no último sábado (25), foi marcada por uma cena inusitada.

Durante o primeiro tempo do jogo, disputado no Estádio Bicentenário La Granja, em Curicó, no Chile, um cachorro invadiu o campo, mostrou muita velocidade para driblar os seguranças e ainda ganhou carinho das jogadoras.

Leia também:

A invasão aconteceu aos 36 minutos do primeiro tempo, quando o cachorro entrou em campo, correu até a grande área e deitou. Sensibilizada com a cena, a goleira chilena Christiane Endler fez carinho no invasor. A juíza da partida até tentou mostrar autoridade para tirar o intruso dali, mas também acabou fazendo carinho no animal.

Foi quando a zagueira Opazo tentou carregá-lo até fora de campo, sem sucesso já que o cachorrinho conseguiu escapar.

Curtindo o imenso gramado, o cachorro correu até o meio de campo e, em seguida, para a lateral, onde o técnico aproveitava a paralisação para dar instruções a seleção chilena. Cercado pelos funcionários do Estádio Bicentenário La Granja, o cão não teve sucesso após outra invasão ao campo e acabou detido.

Com a bola rolando, a Venezuela conseguiu a vitória por 1 a 0, gol marcado por Mariana Speckmaier, aos 37 minutos do segundo tempo. O amistoso serviu como preparação para a Copa América, que acontece no mês de julho, na Colômbia.

As venezuelanas estão no Grupo B, o mesmo do Brasil que ainda tem Peru, Argentina e Uruguai. O Grupo A é formado por Colômbia, Chile, Equador, Paraguai e Bolívia.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos