Cássio lamenta revés do Corinthians e revela desconhecer regra de mão: 'Não sei para poder falar'

Cássio em ação contra o Flamengo na Libertadores (Foto: NELSON ALMEIDA / AFP)


O goleiro Cássio lamentou a derrota do Corinthians por 2 a 0 para o Flamengo, no jogo de ida das quartas de final da Libertadores, e revelou não ter total conhecimento da regra na qual o árbitro Patrício Loustau (ARG) se baseou para validar o gol de Arrascaeta.

+ GALERIA - Veja quantos minutos cada jogador do Timão esteve em campo neste ano

- Perdemos no detalhe, infelizmente acabamos tomando gol no primeiro tempo, bateu na mão, não sei da regra para poder falar com propriedade, mas a bola bateu na mão. Tomamos gol no primeiro tempo, um gol no começo do segundo tempo e aí começa a ficar difícil, porque tem que correr atrás, buscar o resultado - disse Cássio.

Com a determinação que está valendo no futebol mundial desde junho de 2021, se o toque acidental na mão de um atleta gerar uma assistência para outro atacante que venha a fazer o gol, o lance será legal.

Anteriormente a essa mudança, a regra dizia que o toque de mão involuntário no ataque deveria ser assinalado como falta caso levasse diretamente a um gol ou a uma "ocasião manifesta de gol".

+ TABELA - Timão ou Flamengo? Simule o mata-mata da Libertadores

O capitão corintiano ressaltou que não faltou dedicação do Timão contra o Rubro-Negro e pediu foco para a sequência da temporada.

- Infelizmente, não é um resultado que a gente queria. Creio que não faltou entrega e dedicação, mas é trabalhar. Continuar, é triste, mas amanhã é outro dia. Agora é pensar primeiro no jogo do Brasileiro e, depois, no segundo jogo - concluiu Cássio.

O jogo de volta contra o Flamengo na Libertadores está marcado para a próxima terça-feira (9), no Maracanã. Antes, o Corinthians viaja para Florianópolis, onde enfrenta o Avaí pela 21ª rodada do Brasileirão, no sábado (6), às 19h.

Segundo a programação divulgada pela assessoria de imprensa do Timão, os jogadores se reapresentarão no CT Joaquim Grava na tarde de quarta-feira (3).

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos