Bustos cita novo erro em gol sofrido e promete melhora na bola aérea

Santos venceu o Juventude em Caxias do Sul (Foto: Fernando Alves/ECJuventude)


O triunfo do Santos contra o Juventude, por 2 a 1, não escondeu um velho erro do time santista que vem assombrando a equipe nas últimas temporadas: bolas aéreas. Ricardo Bueno de cabeça abriu o placar após cruzamento de Chico.

+ Quais são os clubes do Brasil com as maiores dívidas? Estudo mostra

- O gol deles, por exemplo, é um erro de posicionamento. Começamos o jogo não sei se cansados, mas não é desculpa. Antes da expulsão já estávamos melhor, merecíamos o empate, criamos situações, sem jogar como queríamos. No segundo tempo jogamos mais da nossa forma, com mais mobilidade, criando situações e tentando finalizar. Óbvio que ter um jogador a mais é uma vantagem porque tem mais espaço - comentou Bustos.

O técnico Fabián Bustos elogiou o time gaúcho neste setor, mas avisou que o Santos precisa melhorar em relação bolas alçadas na área.

- Temos sofrido gols pelo alto. Sou sincero, é um ponto forte que tem o Juventude. Trabalhamos muito, conversamos sobre isso, temos que trabalhar e temos que melhorar. Equipes que tomam gols têm muita dificuldade para ganhar na atualidade. Para ganhar, não temos que levar gols - disse Bustos.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos