Burocracia impede anúncio oficial de Everton Cebolinha, que deve iniciar trabalhos no Flamengo no fim do mês


Após desembarcar no Rio de Janeiro, neste sábado, e já falar como jogador do Flamengo, Everton Cebolinha foi ao Ninho do Urubu, cumpriu todos processos e assinou seu contrato com o clube da Gávea. O que está impedindo o anúncio oficial da contratação do atacante é um trâmite burocrático envolvendo o Benfica e o governo português, mas nada que seja motivo de preocupação para a Nação.

Os clubes portugueses precisam informar todas transferências à Comissão de Mercado de Valores Mobiliários e aos seus acionistas, A CMVM é a responsável pela supervisão e regulação dos mercados de instrumentos financeiros e dos agentes que neles atuam no país. Como os documentos finais foram trocados na tarde de sábado, não houve tempo hábil para esse trâmite ser realizado ainda neste dia.

Como informou a "ESPN" e confirmou o LANCE!, o processo pode - e deve - ser concluído neste domingo, "liberando" o Flamengo para fazer o anúncio oficial da chegada de Cebolinha, sexto reforço de 2022, que assinou vínculo até dezembro de 2026 com o Rubro-Negro.

O Flamengo, inclusive, já tem todo o material do anúncio preparado.

De férias após a temporada europeia, pelo Benfica, Everton Cebolinha teve o primeiro contato com o elenco e a comissão técnica do Flamengo neste sábado, antes da delegação embarcar para Belo Horizonte, onde enfrenta o Atlético-MG neste domingo, no Mineirão.

Os trabalhos de Cebolinha no Ninho do Urubu só devem começar, de fato, na última semana de junho. O atacante curtirá os últimos dias de folga com a família antes de se apresentar oficialmente ao clube.

De qualquer forma, o atacante só ficará à disposição de Dorival Júnior a partir de 18 de julho, quando a janela de transferências será aberta.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos