Bruschetta, de Ubatuba (SP), vence regata e empata na liderança na disputa do Brasileiro de RGS em Angra dos Reis (RJ)

Aline Bassi / Balaio de Ideias


Muito sol e calor marcou o segundo dia de disputa da Semana de Vela de Angra dos Reis que volta ao calendário após onze anos. A competição é realizada pelo Angra dos Reis Marina Clube em parceria com o Colégio Naval e tem o apoio da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano.

Em mais uma tarde que começou com pouco vento, a largada foi atrasada em cerca de uma hora na Baía da Ribeira, mas os veleiros fizeram duas regatas para a classe ORC, sendo uma de percurso e outra barla-sota, e uma regata na disputa do Campeonato Brasileiro na classe BRA-RGS.

Atuais campeões, o Bruschetta, de Ubatuba (SP), veleiro tetracampeão mundial, se recuperou e venceu a regata do dia deixando o Caronte Nix na segunda colocação. Os dois estão empatados com três pontos perdidos após dois dias de disputa. A terceira posição está com o veleiro de Angra dos Reis, o Buscapé, com sete pontos perdidos.

"Hoje tínhamos um vento melhor, conseguimos vencer pela primeira vez e amanhã provavelmente teremos mais vento. Disputa boa com o Carone Nix e estamos focados. O campeonato está em aberto", disse Maurício Santa Cruz, pentacampeão mundial, bicampeão Pan-Americano e com participações olímpicas.

Evandro Csordas, comandante do Bruschetta, adicionou: "Tripulação está maravilhada com os lugares, com a raia. Hoje foi um dia com desempenho um pouco melhor, mas não alcançamos nosso melhor. Estamos com esperança de performar um pouco melhor nos últimos dois dias", concluiu.

Na classe ORC, o Crioula, do Rio Grande do Sul (RS) segue na liderança com seis pontos perdidos contra sete do Phoenix, do Guarujá (SP). O King é o terceiro com nove pontos, seguido pelo Bravo e o Vesper IV.

Azarão, o Bravo surpreendeu e venceu a primeira regata do dia que contornou a Laje da Figueira, Laje Fundo e Ilha de Sabacu com o King em segundo, Phoenix em terceiro e o Crioula em quarto. A regata seguinte foi uma barla-sota onde o time gaúcho se recuperou e venceu com o Phoenix em segundo.

Samuel Albrecht, da equipe Crioula, velejador com três participações olímpicas, comentou: "O evento está muito legal com regatas bem disputadas, disputa muito saudável com o Phoenix. O vento surpreendentemente tem aparecido mesmo com a previsão muito ruim. Conseguimos fazer uma de percurso e barla-sota que foi bem legal. Amanhã é previsão de vento Sul, frente fria, que promete dar emoção, será bem interessante. Até agora tudo muito legal e vamos buscar trazer mais barcos na classe para o ano que vem".

Sábado com desfile de barcos em Angra dos Reis

O terceiro dia de competição será especial com o desfile dos 41 barcos do evento a partir das 10h onde o público poderá acompanhar por toda a orla de Angra dos Reis. A regata do dia será em homenagem ao Colégio Naval com início previsto a partir das 12h. Ao término da disputa os velejadores poderão desfrutar de canoa de cerveja, DJ além de Show de Rock e Blues.

A competição tem a realização do Angra dos Reis Marina Clube e da Prefeitura Municipal de Angra dos Reis através da Secretaria Executiva de Esportes e Lazer , com chancela da Associação Brasileira de Veleiros de Oceano, a ABVO.

Programação Oficial:

10/09

A partir das 10h - Desfile dos veleiros Baía em frente ao Colégio Naval

12h - Largada das regatas - Local: Baía da Ribeira ou altura do Colégio Naval (definição a partir das 9h30)
18h - Canoa de cerveja, DJ, Show de Rock e Blues - Local: Angra dos Reis Marina Clube

11/09

12h - Largada das regatas - Local: Baía da Ribeira ou altura do Colégio Naval (definição a partir das 9h30)
18h - Premiação Regata Colégio Naval e Semana de Vela de Angra dos Reis Encerramento Local: Angra dos Reis Marina Clube