Brasileiros da Seleção agitam o mercado e movimentam a janela às vésperas da Copa do Mundo


Que jogadores brasileiros são nomes muito requisitados nas janelas de transferências não chega a ser nenhuma novidade. Mas neste período do verão europeu alguns nomes da Seleção Brasileira foram protagonistas no mercado que fechou na última quinta-feira.

Ao todo, mais de dez jogadores brasileiros que fizeram parte do ciclo para a Copa do Mundo de 2022 mudaram de equipe no Velho Continente. Deste número, sete vestiram a Amarelinha nos amistosos de junho, contra Coreia do Sul e Japão, que teve 27 atletas convocados.

+ Veja a tabela e os grupos da Copa do Mundo de 2022

E em ano de Mundial, qualquer passo em falso pode ser fatal. Em julho, no meio da janela de transferências, o LANCE! mostrou quais nomes tinham trocado de camisa e analisou se as mudanças eram boas não só para o atleta, mas visando também a Seleção Brasileira. À época, os atletas eram Daniel Alves, Raphinha, Gabriel Jesus e Richarlison. Clique aqui e relembre a matéria.

O mês seguinte foi ainda mais agitado, com negociações bombásticas. A maior delas foi do atacante Antony, que deixou o Ajax e se juntou ao Manchester United por R$ 95 milhões de euros (R$ 478 milhões). O atleta foi a negociação mais cara do mercado europeu.

Na Inglaterra, o jovem revelado no São Paulo chega a pedido de Erik ten Hag, que foi seu comandante na Holanda. Apesar de já conhecer o treinador, Antony terá que brigar por um espaço num elenco que conta com nomes como Cristiano Ronaldo, Rashford e Sancho, além de Elanga e Martial, que também brigam por minutos.

Antony pelo Manchester United
Antony pelo Manchester United

Antony chega à Inglaterra cercado de expectativas (Foto: Divulgação / Manchester United)

Ainda no Manchester United, outro apresentado no Old Trafford foi o volante Casemiro, por 60 milhões de libras (R$ 368 milhões). Ídolo do Real Madrid, o jogador decidiu por um novo desafio na carreira, mas ainda não conquistou a confiança do técnico da equipe.

Apesar de começar no banco de reservas, a situação do jogador não deverá impactar na Seleção Brasileira, uma vez que Tite confia no meio-campista e enxerga em Casemiro um dos líderes e capitães da Canarinho.

Casemiro - Manchester United
Casemiro - Manchester United

Casemiro ainda é reserva no Manchester United (Foto: ADRIAN DENNIS / AFP)

Mais um nome que chegou à Premier League foi Lucas Paquetá. O meio-campista deixou o Lyon por 60 milhões de euros (R$ 302 milhões) e assinou com o West Ham. Outro nome de confiança do técnico Tite, ele terá que conquistar a confiança de David Moyes a menos de 100 dias para a Copa.

Assim como o Antony, e diferentemente de Casemiro, Paquetá dá um salto na carreira. Se o Ajax e a Holanda pareciam pequenos para o que o atacante ex-São Paulo mostrava, o Lyon e a França também eram pouco para o nível que o meia revelado no Flamengo estava jogando.

+ Maiores compras: saiba os 20 brasileiros mais caros da janela europeia atual

West Ham x Tottenham - Lucas Paquetá
West Ham x Tottenham - Lucas Paquetá

Lucas Paquetá estreou contra o Tottenham (Foto: GLYN KIRK / AFP)

Dizer que jogador A ou B vai dar certo ou errado é impossível, ainda mais num recorte tão pequeno. Mas ficando no campo da especulação, o momento é de ficar de olhos atentos, especialmente com o Mundial do Qatar batendo à porta.

Confira a seguir todos os jogadores brasileiros que fizeram parte do ciclo para a Copa do Mundo ou que ao menos estiveram no radar de Tite que trocaram de clubes no Velho Continente.

- Daniel Alves: do Barcelona para o Pumas
- Bremer: do Torino para a Juventus
- Diego Carlos: do Sevilla para o Aston Villa

- Alex Telles: do Manchester United para o Sevilla
- Renan Lodi: do Atlético de Madrid para o Nottingham Forest
- Casemiro: do Real Madrid para o Manchester United
- Arthur: da Juventus para o Liverpool
- Lucas Paquetá: do Lyon para o West Ham
- Raphinha: do Leeds United para o Barcelona
- Antony: do Ajax para o Manchester United
- Richarlison: do Everton para o Tottenham
- Gabriel Jesus: do Manchester City para o Arsenal
- David Neres: do Shakhtar Donetsk para o Benfica

* Estagiário, sob a supervisão de Hugo Mirandela.