Brasileira bate tetra mundial e vence Grand Prix de Parataekwondo

SÃO PAULO, SP (AGÊNCIA BRASIL) - A mineira Ana Carolina Moura conquistou a medalha de ouro da categoria até 65 quilos no Grand Prix de Paris (França) de parataekwondo, disputado nesta segunda-feira (5). O Brasil obteve outras cinco medalhas no evento, sendo duas de prata e três de bronze.

Para chegar ao topo do pódio, a brasileira teve de ganhar três lutas. Na estreia, ela venceu a turca Secil Er, campeã mundial no ano passado, em Istambul (Turquia). Na semifinal, bateu a britânica Beth Munro. Por fim, na decisão, Ana Carolina, que foi terceira colocada na capital turca, superou a dinamarquesa Lisa Gjessing, tetracampeã do mundo e medalhista de ouro na Paralimpíada de Tóquio (Japão), em 2021.

Atual campeão paralímpico, o paulista Nathan Torquato ficou com a prata na categoria até 63 quilos, derrotado pelo turco Mahmut Bozteke. Vice no Japão e campeã mundial no ano passado, a paraibana Silvana Fernandes também parou em uma atleta da Turquia. Na final da categoria até 57 quilos, ela não resistiu a Gamze Gurdal, a quem havia superado duas vezes em 2021, em Tóquio e Istambul, acabando na segunda colocação do peso.

Dois dos bronzes do Brasil em Paris vieram na categoria até 52 quilos, com a potiguar Cristhiane Neves (bronze no Mundial) e a gaúcha Maria Eduarda Stumpf. O outro foi conquistado pela paranaense Debora Menezes, terceira colocada na Paralimpíada de Tóquio, na categoria acima de 65 quilos. Além dos medalhistas, mais sete lutadores representaram o Brasil na capital francesa.