Brasileira Amanda Nunes supera Julianna Pena e retoma o cinturão do UFC

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

DALLAS, Estados Unidos (Reuters) - Amanda Nunes deu uma verdadeira aula de artes marciais mistas ao derrotar Julianna Pena por decisão unânime após uma emocionante batalha de cinco rounds em Dallas neste fim de semana e assim recuperar o cinturão peso-galo diante de uma multidão de mais de 19 mil pessoas no American Airlines Center.

O reinado de Nunes como campeã peso-galo, que durou cinco anos, chegou ao fim depois que ela perdeu o cinturão para a venezuelana Pena em dezembro de 2021, mas a brasileira recuperou o título na noite do sábado com uma aula de MMA. Ela soube levar a luta para o tatame e resistiu a uma série de perigosas tentativas de submissão por parte de Pena.

Se posicionando como canhota, a lutadora de 34 anos derrubou Pena três vezes no segundo round - duas com a mão direita e uma com a esquerda - enquanto sua oponente tinha dificuldades para encontrar seus golpes. Pena não se saiu muito melhor quando levou a luta ao solo.

Nunes conseguiu uma série de quedas nos três rounds finais e passou a maior parte do tempo em posição favorável, mas teve que resistir a uma tentativa ameaçadora de finalização no meio do quarto round, enquanto Pena a golpeava desesperadamente pelas costas e Nunes contra-atacava com cotoveladas.

Os juízes deram a Nunes uma vitória por decisão unânime, que a fez adicionar o cinturão do peso-galo ao título dos penas e recuperar seu status de campeã em duas categorias diferentes.

No co-evento principal, Brandon Moreno conquistou uma vitória por nocaute técnico no terceiro round sobre Kai Kara-France, com um chute potente no corpo para ficar com o título interino dos moscas. O mexicano enfrentará agora Deiveson Figueredo pelo cinturão definitivo.

(Por Philip O'Connor)

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos