"Brasileirón"? Estrangeiros já marcaram mais de 50 gols na Série A

Calleri é o artilheiro do Brasileirão 2022 (Foto: Divulgação/São Paulo)


Calleri, Cano, Abel Ferreira... Não são poucos os estrangeiros que vêm trabalhando neste Campeonato Brasileiro. Passadas 10 rodadas, com 100 jogos disputados, 64 jogadores e nove técnicos nascidos fora do Brasil já participaram de uma partida. E eles têm sido decisivos. Já são 53 gols de 235 marcados até agora, o equivalente a 22,5% do total.

> GALERIA: Quem escalar no Cartola FC? Veja cinco dicas por posição para a 11ª rodada do Brasileirão

No ano passado, os atletas estrangeiros marcaram 88 dos 842 tentos da competição - 10,4%. O argentino Matías Zaracho, do Atlético Mineiro, foi o principal artilheiro, com sete. Marca já superada por Calleri, seu compatriota. O centroavante do São Paulo soma nove gols em apenas 10 jogos neste Brasileirão.

Aliás, o atacante do Morumbi não é o único que vem ajudando a inflar estes números. Dos quatro principais artilheiros do campeonato até agora, três são estrangeiros. Além de Calleri, Cano, do Fluminense, também argentino, e o colombiano Stiven Mendoza, do Ceará, estão fortes na briga pela artilharia. Hulk, do Galo, é o único brasileiro entre os quatro primeiros.

ARTILHEIROS ESTRANGEIROS DO BRASILEIRÃO

1º - Calleri (Argentina) - São Paulo - 9 gols
2º - Cano (Argentina) - Fluminense - 6 gols
Mendoza (Colômbia) - Ceará - 6 gols
4º - Terans (Uruguai) - Athletico - 4 gols
5º - Óscar Ruíz (Paraguai) - Juventude - 3 gols
Gustavo Gómez (Paraguai) - Palmeiras - 3 gols

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos