Brasil vence Paraguai (2-0), se garante em Paris-2024, e pega Colômbia na final da Copa América feminina

O Brasil derrotou o Paraguai por 2 a 0 nas semifinais da Copa América feminina nesta terça-feira e vai disputar o título do torneio no sábado contra a anfitriã Colômbia.

Com gols no primeiro tempo, de Ary (16) e Bia Zaneratto (27), a Seleção também garantiu a classificação para a Copa do Mundo de 2023, que será disputada na Nova Zelândia e Austrália, e para o Jogos Olímpicos de Paris-2024.

O Paraguai resistiu ao rolo compressor verde-amarelo por apenas 16 minutos no estádio Alfonso López, em Bucaramanga, cidade localizada no nordeste da Colômbia.

Após uma série de chutes das brasileiras e bolas afastadas pelas paraguaias na área, Debinha tocou para a meia Ary, que marcou o primeiro gol da noite com um chute de pé esquerdo em que a goleira nem teve tempo de se jogar.

E não demorou muito para o Brasil ampliar: Bia Zaneratto marcou o segundo aos 27 minutos. A lateral paraguaia Fabiola Sandoval quis lançar uma bola em profundidade mas a lateral Antonia interceptou. A bola sobrou para Zaneratto, que marcou seu sexto gol na Copa América, se tornando a artilheira do torneio.

Algumas centenas de torcedores nas arquibancadas apoiaram o time mais fraco em campo. O Paraguai chegou entre os quatro melhores times da competição contra todas as expectativas e venceu o Chile, atual vice-campeão, na fase de grupos.

Além disso, três horas antes do duelo desta terça-feira, a 'Albirroja' informou que quatro de suas jogadoras, incluindo a lateral-direito Limpia Fretes, estavam infectadas com covid e tiveram que ficar isoladas no hotel.

O segundo tempo foi um laboratório para o Brasil, já pensando no jogo de sábado, que deve ter mais de 20 mil torcedores torcendo para a seleção da casa.

Passes em profundidade, desenvoltura para se livrar da marcação e contra-ataques rápidos fizeram parte do repertório das jogadoras comandadas pela treinadora sueca Pia Sundhage, mas sem marcar outro gol.

O Brasil, que venceu sete das oito edições da Copa América, e a Colômbia, cuja maior conquista foi o segundo lugar em 2010 e 2014, voltam a se encontrar em Bucaramanga.

Com esse resultado, a América do Sul definiu as finalistas como seus dois representantes nos Jogos Olímpicos de 2024, que serão realizados na capital francesa.

Brasileiras e colombianas também garantiram participação na Copa do Mundo de 2023. Uma terceira vaga para o principal torneio da categoria será disputada na sexta-feira entre Paraguai e Argentina. O perdedor deste último duelo irá com o Chile para a repescagem da Copa do Mundo.

A 'Roja' por ser anfitriã, Argentina, Paraguai e Venezuela estarão nos Jogos Pan-Americanos de Santiago-2023.

das/cl/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos