Brasil dá show, goleia Venezuela e garante vaga nas semifinais da Copa América Feminina

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Brasil tem 100% de aproveitamento na Copa América feminina (Thais Magalhães/CBF)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Brasil atropelou a Venezuela pela Copa América Feminina nesta segunda-feira. Pela terceira rodada do Grupo B, as brasileiras não tomaram conhecimento e golearam por 4 a 0 com dois de Debinha, um de Bia Zaneratto e um de Ary Borges. Com o resultado, as comandadas de Pia Sundhage garantiram vaga nas semifinais.

O Brasil teve o controle da partida durante o 1º tempo e não permitiu que a equipe adversária tivesse ânimo, não só com a bola, mas sem ela, pressionando muito forte na saída de bola.

ABRINDO A CONTA
Aos 23 minutos, após belíssimo cruzamento de Tamires, Bia Zaneratto cabeceou, a bola desviou na zagueira e foi morrer no fundo da rede: 1 a 0 para as brasileiras.

Após o gol, a Venezuela tentou chegar algumas poucas vezes, mas não levou perigo nenhum à área brasileira.

NO CONTRA-ATAQUE
Aos seis minutos do 2° tempo, o Brasil chegou ao segundo gol: Bia Zaneratto foi avançando pelo meio, conduzindo o contra-ataque e três atacantes chegaram juntas para dar opção de passe. Ela tocou para Ari Borges, que bateu colocado no canto.

+ Janela abriu! Veja como podem ficar os times do Brasil com os novos reforços

A Venezuela chegou a responder depois com uma finalização para fora de Villamizar. O Brasil logo reagiu: Debinha recebeu cruzamento e cabeceou, mas Cáceres espalmou.

NA SEGUNDA TENTATIVA
Na marca dos 14 minutos da etapa complementar, após jogada de pé em pé pelo lado direito, Gabi Portilho acionou Antonia, que avançou até a linha de fundo e cruzou para Debinha cabecear firme para o gol vazio.

+ Janela aberta: veja 20 nomes sul-americanos interessantes ainda sem clube

TREMENDO GOLAÇO
A porteira já estava aberta, mas o Brasil fez o quarto gol. E foi um verdadeiro golaço: Debinha recebeu na área, deu uma caneta e tirou da goleira no mano a mano, fazendo o quarto gol do Brasil aos 21 minutos.

As brasileiras mantiveram o ritmo e, aos 29', Geyse arriscou um chute de longe, mas Cáceres defendeu. O Brasil chegou a acertar o travessão no finalzinho com uma boa finalização de longe de Angelina.

PRÓXIMO COMPROMISSO
O Brasil já está classificado para a semifinal, mas enfrenta o Peru na próxima quinta-feira, às 21h para fechar a campanha no grupo B. Com 9 pontos, as brasileiras lideram a chave seguidas pela Argentina, que disputa vaga na próxima fase com Venezuela, Peru e Uruguai.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos