Botafogo publica nota oficial e critica saída do CEO Jorge Braga

Botafogo se pronunciou nas redes sociais após saída do CEO (Vítor Silva/Botafogo)


O Botafogo publicou uma nota oficial na tarde desta sexta-feira para se posicionar sobre a saída de Jorge Braga. O empresário vinha enfrentando desgastes internos desde a chegada de John Textor e optou por deixar cargo de CEO do clube.

+ Como era o mundo dos esportes quando a Rainha Elizabeth II foi coroada

O Glorioso adotou tom de crítica na nota e afirmou que o CEO abdicou do cargo quase imediatamente após a concretização da SAF.

CONFIRA O POSICIONAMENTO OFICIAL DO BOTAFOGO

"Confirmamos que Jorge Braga não está mais vinculado à SAF Botafogo. O Clube buscará novos caminhos de gestão e está investindo em todas as áreas corporativas e do futebol, alinhado com o perfil executivo definido e liderado diretamente por John Textor. Em relação ao Sr. Jorge Braga, é evidente que o mesmo abdicou do cargo de CEO quase imediatamente após a concretização da SAF, resultando na quebra das obrigações e deveres profissionais. Braga agora busca o pagamento do Clube Social e da SAF por serviços que foram de fato realizados por terceiros, resultando, infelizmente, em uma disputa judicial.

A nossa atenção não será desviada. Nosso planejamento estratégico para os próximos anos visa um Botafogo forte e vencedor dentro e fora de campo, com seus torcedores orgulhosos e reposicionando nossa marca no mercado à altura de sua grandeza.

Todos os esforços estão direcionados na construção de um projeto baseado em muito trabalho, ética empresarial e excelência competitiva. O Botafogo será conduzido por aqueles que estão totalmente alinhados e comprometidos com estes ideais. Nossa equipe é escolhida e está a serviço dos escolhidos.

SAF Botafogo".

+ Loco Abreu 'invade' treino do Botafogo e convoca alvinegros para Nilton Santos: 'Preciso de vocês'

A situação vem gerando repercussão nas redes sociais. Jorge Braga chegou ao Botafogo em março do ano passado e vinha participando ativamente do processo de reestruturação do clube. Os desgastes dos últimos meses fizeram com que Jorge Braga entrasse com uma ação contra a SAF.