Botafogo empresta três jogadores para clube de John Textor na Bélgica

Ênio, Juninho e Rikelmi vão para o Molenbeek (Foto: Divulgação/Botafogo)


É a vez do Botafogo em prosseguir o projeto multiclubes de John Textor. O Alvinegro anunciou nesta quinta-feira que Juninho, Ênio e Riklemi, jogadores formados na base do clube, serão emprestados ao RWD Molenbeek, da Bélgica, um dos clubes que o estadunidense é dono.

+ 'Xodó' de Del Piero, bom passe e destaque em título do Benfica: quem é Gabriel Pires, reforço do Botafogo

O trio, inclusive, nem sequer atuará no jogo do time sub-23 contra o Náutico, nesta quinta-feira, pelo Brasileirão de Aspirantes. Eles já viajarão para a Bélgica para acompanhar a equipe - o campeonato por lá já foi iniciado. O Molenbeek disputa a segunda divisão nacional.

- É um momento especial para o projeto multiclubes do John Textor. Estamos iniciando a primeira parceria com o Molenbeek envolvendo nossos atletas. São meninos da nossa base, que já entregaram números. Importante porque é uma experiência de vida e profissional, de estarem pisando na Europa, vivenciando minutagem fora do Brasil - explicou André Mazzuco, diretor de futebol do Botafogo.

- Serve para potencializar novos projetos. É um grande resultado de um Time B, que foi criado esse ano, e oportunizou esses jogadores. Mérito deles por darem esse primeiro passo. Esperamos que isso gere ainda mais resultados para o Botafogo - completou o dirigente.

Antes, o Glorioso tinha apenas recebido jogadores. Dylan Talero, Sebastian Joffre e Darius Lewis chegaram ao clube de times da Eagle Holding.