Botafogo e América-MG não saem do zero no Nilton Santos pelo Brasileirão

Botafogo e América-MG não conseguiram marcar gols em jogo pelo Brasileirão (Foto: Vítor Silva/ BFR)


Em confronto entre times próximos na tabela, Botafogo e América-MG ficaram no empate por 0 a 0 neste domingo, no Estádio Nilton Santos. O Alvinegro foi o mais perigoso ao longo dos 90 minutos, mas o Coelho se segurou e também assustou no duelo pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. Com o resultado, os cariocas sobem para 12º, com 31 pontos, abrindo seis do Z4. Já os mineiros ficam em oitavo, com 36, a sete do G6.

Veja a tabela do Campeonato Brasileiro

​QUALIDADE

Apresentado há pouco menos de um mês, Tiquinho Soares fez o segundo jogo com a camisa do Botafogo e foi o atleta mais perigoso da equipe em campo, especialmente no segundo tempo. Ele já tinha estreado na última rodada do Brasileiro, na vitória sobre o Fortaleza, e neste domingo se apresentou para as jogadas e tentou muito, mas não conseguiu fazer o gol.

NILTON SANTOS CHEIO

Tentando manter uma sequência de mais regularidade, o Botafogo voltou a encher o Nilton Santos. Foram 32.266 presentes para a partida, um dos maiores públicos do ano. Foi a maior presença de torcedores desde maio, na quarta rodada do Brasileirão.

COM AÇÃO E SEM GOLS

Separados por poucos pontos na tabela, os dois times precisavam sair de campo com a vitória, mas o América-MG começou melhor a partida. Agressivo, o time mineiro explorava os espaços do Botafogo, que tentava sair no contra-ataque, mas tinha dificuldades e errava demais. Depois de criar duas chances claras, porém, o Alvinegro cresceu. O fim do primeiro tempo foi bem movimentado, com os dois lados assustando, mas ninguém conseguiu tirar o zero do placar.

NADA FEITO

O Botafogo voltou mais perigoso no segundo tempo, especialmente com Tiquinho Soares, o jogador que mais apareceu do time. Jeffinho também era bastante acionado, mas a pontaria não parecia nos seus melhores dias. Apesar das várias finalizações, o Alvinegro não conseguiu tirar o zero do placar. O América também arriscava. Felipe Azevedo teve chute travado na hora certa, por exemplo, mas os mineiros se acuaram mais com o bom momento dos mandantes.

PRÓXIMOS JOGOS

O Botafogo agora terá mais uma semana livre de treinamentos e volta a entrar em campo no próximo sábado, dia 17, diante do Coritiba, às 19h, no Estádio Nilton Santos. Já o América-MG recebe o Corinthians no domingo, às 18h, na Arena Independência.

FICHA TÉCNICA
BOTAFOGO X AMÉRICA-MG

Local:
Estádio Nilton Santos, Rio de Janeiro (RJ)
Data/Horário: 11/09/22, às 11h
Árbitro: José Mendonça (PR)
Auxiliares: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Victor Hugo Imazu dos Santos (PR)
VAR: Daniel Nobre Bins (RS)

Gols: -
Cartões amarelos: Victor Sá (BOT), Martinez, Henrique Almeida, Lucas Kal, Marlon (AME)
Cartões vermelhos: -

BOTAFOGO: Gatito Fernández; Saravia, Adryelson, Cuesta e Marçal; Tchê Tchê, Lucas Fernandes (Gabriel Pires - 19'/2ºT) e Eduardo; Jeffinho, Victor Sá (Lucas Piazon - 19'/2ºT) e Tiquinho Soares. Técnico: Luís Castro.

AMÉRICA-MG: Matheus Cavichioli; Raúl Cáceres, Éder, Ricardo Silva (Iago Maidana - 31'/2ºT) e Marlon; Lucas Kal, Juninho e Emmanuel Martínez (Alê - 16'/2ºT); Felipe Azevedo (Aloísio - 31'/2ºT), Everaldo (Matheusinho - 24'/2ºT) e Henrique Almeida (Mastriani - 16'/2ºT). Técnico: Vagner Mancini.