Botafogo alinha contrato com Matheus Pereira, e jogador tenta 'forçar' saída do Al-Hilal

Matheus Pereira, Al-Hilal, está na mira do Botafogo (Foto: Divulgação/Al-Hilal)


Tão perto e ao mesmo tempo tão longe. O Botafogo tem uma ideia alinhada com Matheus Pereira sobre uma transferência na atual janela de transferências e acordo com o atleta. O problema, contudo, é que o Al-Hilal não está de acordo em liberar o jogador, contratação mais cara da história do clube da Arábia Saudita.

+ Jogo aéreo, rapidez e passagem em todas as Seleções de base: quem é Adryelson, novo jogador do Botafogo

Matheus Pereira gosta do projeto do Botafogo, e as partes já acertaram a parte salarial. O jogador tem um salário astronômico na Arábia Saudita e aceitaria reduzir parte disso para retornar ao futebol brasileiro. Mesmo assim, ele seria um dos jogadores mais bem pagos do continente, vale ressaltar.

O outro lado, porém, ainda não apertou as mãos. Os sauditas são irredutíveis e mantém a mesma ideia de outrora para o Botafogo: ou pagam 20 milhões de euros (R$ 109 milhões, na cotação atual), ou não tem negócio. Esse valor transformaria Matheus Pereira na contratação mais cara da história do futebol sul-americano. Um empréstimo, no momento, está descartado.

O jogador, porém, vai tentar "forçar a barra" para ser liberado - ou ao mesmo fazer o Al-Hilal diminuir esse valor. Matheus Pereira já comunicou à diretoria do clube que não quer ficar e não gostou do ambiente. Ao mesmo tempo, a própria diretoria entende que o meio-campista não rendeu o esperado pela magnitude que foi investida.

Entre Botafogo e o atleta de 26 anos a coisa está bem encaminhada. O jogador já deu o sinal de que, se conseguir a liberação do Al-Hilal, o destino será o Alvinegro. O brasileiro vê em Luís Castro um grande diferencial para ele retomar os bons dias da carreira.

+ Botafogo acerta com Marlon Freitas, do Atlético-GO, para 2023

Isso, vale ressaltar, ainda não dá esperanças ao Botafogo. O Al-Hilal mantém a postura irredutível e o Glorioso não tem condição de pagar nem perto do que os árabes pedem. A única chance é se a vontade do jogador prevalecer diante da diretoria.

Matheus, mesmo com o clima instável com a diretoria, foi convocado para a pré-temporada do Al-Hilal. O elenco vai se concentrar na Inglaterra para um período de treinamentos antes do começo do Campeonato Saudita e a Liga dos Campeões da Ásia.

CLUBE SE SURPREENDE COM VÍDEO DO PAI

No fim de semana, viralizou um vídeo de Alexandre, pai de Matheus Pereira, afirmando para um amigo que "falta pouco" para o filho fechar com o Botafogo.

O conteúdo pegou o Alvinegro de surpresa. Pelos motivos citados acima, o Botafogo não considera nem um pouco que a negociação está perto de ser concretizada - apesar do aval do jogador, mas que de nada valerá sem o aval do Al-Hilal.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos