Bola aérea e força física: Tiquinho Soares chega ao Botafogo para liderar ataque


O camisa 9 chegou. As negociações duraram mais que o esperado, mas o Botafogo teve um final feliz: Tiquinho Soares foi anunciado como reforço do clube nesta sexta-feira. O atacante de 31 anos chega para ser a principal peça do sistema ofensivo do time de Luís Castro.

+ Botafogo fecha com Lucas Perri e conversa por liberação imediata com o São Paulo

A contratação de um novo centroavante era pedido pela diretoria. O desejo é por um jogador experiente para poder acompanhar Erison e Matheus Nascimento, dois jogadores jovens. Em campo, Tiquinho Soares deve oferecer força física e presença aérea, dois dos principais atributos que possui.

- É um jogador com uma boa presença física, é um atacante pulsante, mas que nem por isso perde tecnicamente. É um jogador de gana alta do ponto de vista da habilidade técnica, um cara bastante móvel, mas prefere ficar dentro da área. Diria que sua principal forma de fazer gol é de cabeça, os apoios frontais de costas para o gol para fazer tabelas com os companheiros também são muito fortes. É um atacante à moda antiga, diria. Fisicamente é muito importante - afirmou André Monteiro, setorista do Porto no "Jornal Record", ao LANCE!.

Tiquinho passou quatro temporadas nos Dragões - foram 64 gols marcados em 140 jogos. Por lá, foi campeão de dois Campeonatos Portugueses, uma Taça de Portugal e uma Supercopa.

+ Botafogo formaliza acordo para pagar mais de R$ 400 milhões em dívidas trabalhistas

- Ele ficou mais de quatro temporadas aqui (Porto) mas nunca foi um titular indiscutível, sempre apareceu como um segundo centroavante importante na equipe. O ponto negativo é a tomada de decisão na hora de finalizar, por vezes parece ansioso e isso atrapalha - completou o jornalista.

Na Liga Portugal de 19/20 - a última que disputou antes de se transferir para a China e Olympiacos, posteriormente -, Tiquinho fez dez gols em 30 jogos. Desses, cinco foram de cabeça, três com a perna direita e dois com a esquerda.

+ Tiquinho Soares já foi chamado de 'Novo Hulk' em Portugal

- A passagem dele em Portugal foi muito positiva. Chegou para jogar no Nacional e foi para o Vitória de Guimarães, um clube que sempre ambiciona competições europeias, se destacou e foi para o Porto. O que ele deixou aqui é que é um bom atacante, faltou alguma coisa para ser um atacante do topo do futebol europeu. Nunca teve a oportunidade de ir para uma super equipe, mas foi um bom atacante no futebol europeu em uma segunda linha, podemos dizer assim. Foi muito positivo aqui em Portugal - finalizou.

O atacante somou, por jogo, média de 1.8 chute (0.7 no alvo), criou cinco grandes chances e teve 72% de aproveitamento nos passes. Soares teve 41% de sucesso nos duelos pelo chão e 44% nos aéreos. Por outro lado, o atacante desperdiçou dez chances claras de gol - os dados são do "SofaScore".