Fox Sports recua e volta a usar canal FX para transmissão de jogo da Libertadores

Rogerio Jovaneli
TV Esporte Blog

A decisão do Fox Sports Brasil de não mais se utilizar de canais do grupo Fox para exibir partidas da Copa Libertadores da América, improviso adotado na estreia do Fluminense na fase de grupos da competição, contra o argentino Arsenal, foi revista. O novo canal de esportes da TV fechada resolveu abrir mais uma exceção, novamente em jogo envolvendo o tricolor carioca. Transmitirá hoje, ao vivo, às 22h, Boca Juniors x Fluminense, no FX.

Na estreia do Flamengo na mesma fase de grupos, em 15 de fevereiro, fora de casa, contra o Lanus, a emissora optou por levar ao ar a partida apenas em VT, uma vez que Deportivo Táchira e Corinthians jogavam no mesmo horário naquele dia, sendo este o jogo escolhido para transmissão ao vivo no Fox Sports.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Boca x Flu, hoje à noite, também terá exibição na TV aberta, pela Globo, para o Rio de Janeiro e também para as seguintes localidades: SC, ES, GO, TO, MS, MT, BA, SE, AL, PB, RN, PI, MA, AM, PA, AC, RR, RO, AP e Juiz de Fora (fonte: Zé Gonzalez, editor do Globoesporte.com, via seu perfil no Twitter). No mesmo horário, aí sim no Fox Sports, e não em canal alternativo, a nova emissora fechada transmite Corinthians x Nacional (PAR), outra partida com exibição na Globo, para os estados de São Paulo e Paraná, além do Distrito Federal e das cidades mineiras de Uberlândia e Ituiutaba (fonte: Twitter do Zé Gonzalez).

Certamente, a decisão do Fox Sports de recorrer ao FX para exibir o jogo do Fluminense contra o Boca, na Argentina, se deu por conta do grande apelo do confronto, avaliação do Painel da Folha de hoje, com a qual o blog concorda. Diferentemente do Sportv e da ESPN, a emissora não conta com um segundo canal (as TVs citadas possuem três), o que sempre cria dificuldades em dias de partidas simultâneas envolvendo times brasileiros.

De todo modo, a medida também serve para minimizar a irritação causada pela não presença do canal nas principais operadoras de TV paga do país (Net, Sky e Claro TV, antiga Via Embratel), situação que tem impedido que mais de 80% dos assinantes vejam os jogos das equipes brasileiras presentes na principal competição de clubes das Américas. Sorte do torcedor do Fluminense.

Já as torcidas de Flamengo, Vasco, Santos e Internacional não devem estar nada satisfeitas. Isso porque ontem a vitória do Vasco, atual vice-campeão brasileiro, sobre o Alianza Lima (PER), por 3 a 2, em São Januário, só pôde ser vista por telespectadores clientes das operadoras nanicas que fecharam acordo com o Fox Sports (juntas, não atingem sequer a 20% dos assinantes) ou por quem recorreu a transmissões piratas na internet (pelo movimento no Twitter, muita gente adotou a prática).

Hoje, às 19h45, a situação se repetirá com Santos x Inter, "confronto fantasma" transmitido com exclusividade pelo Fox Sports. Um jogaço de bola, mas que poucos verão. Amanhã, simplesmente o jogo do time de maior torcida do país, o Flamengo, contra o time equatoriano do Emelec, às 19h30, também estará restrito a poucos. Essa partida, bem como o jogo da Vila Belmiro, não contarão com exibição no canal FX, tampouco na Globo, que não costuma levar ao ar partidas fora de sua faixa habitual das 22h. Além de tudo, por contrato, o canal carioca só tem direito à transmissão de duas partidas (nesta semana, exibirá o jogo do Corinthians, em São Paulo, e o do Flu, na Argentina).

Leia também