É oficial: Esporte Interativo anuncia exclusividade da Liga dos Campeões nas próximas três temporadas

TV Esporte Blog
Rogério Jovaneli
Rogério Jovaneli

O Esporte Interativo anunciou nesta sexta-feira, 14, que tornou-se exibidor exclusivo da  Liga dos Campeões da Europa nas próximas três temporadas: 2015-2016, 2016-2017 e 2017-2018). Tomou os direitos televisivos do evento na TV paga que anteriormente pertenciam no país à ESPN, canal do Grupo Disney. 

Nenhuma novidade, já se sabia da aquisição desde outubro (informamos aqui), o EI também, embora escondesse dos telespectadores. Faltava a Uefa homologar o acordo. O canal promete transmitir todos os jogos, e em HD.

Assim, o Esporte Interativo, que se dizia TV aberta até pouco tempo, passou a atacar na TV fechada (na aberta, direitos seguem com a Globo/Band). Isso após o EI conseguir um parceiro, o Grupo Turner, braço de TV do poderoso grupo de mídia dos EUA, Time Warner, detentor de vários canais na TV fechada brasileira, entre eles o Space, pelo qual exibe jogos da NBA.

Dessa maneira, o EI agora é uma espécie de canal multiplataforma. Além de disponível via UHF e por antenas parabólicas, também está na TV por assinatura com dois canais: o El, mesmo e o relativamente novo “EI Nordeste”. E ainda oferece o serviço pago “EI Plus”, que custa R$ 9,90 por mês, para transmissões via internet a assinantes.

Vale lembrar que atualmente Net e Sky, de longe as duas maiores operadoras de televisão por assinatura do país, onde encontram-se a grande maioria dos telespectadores da TV paga brasileira, não carregam o canal Esporte Interativo, disponível apenas para assinantes da Claro TV, Oi, Vivo e outras operadoras menores.

Espera-se, claro, que até o início da Liga dos Campeões 2015-2016 o canal já esteja disponível nas duas gigantes do setor de TV por assinatura, mas hoje isso não existe. Mas uma vez que também adquiriu os direitos da Liga dos Campeões para a internet, o serviço “EI Plus” pode ser uma alternativa, dependendo da necessidade. Eventualmente, com sinal aberto para quem não for assinante. Ou então tudo pago, mesmo, para quem achar que vale.

Leia mais:
"Vanderlei quatro, cinco anos no Real Madrid, não tenha dúvida que iria bater campeão da Champions", garante o "pofexô" do Fla. Será?
"Nos livramos da grande possibilidade do Ronaldo virar ministro do Esporte", comemora jornalista petista da ESPN Brasil

Particularmente, o blog também espera o mesmo nível de excelência na cobertura que todos estávamos acostumados a ver com os direitos televisivos de propriedade da ESPN, com ótimos narradores e comentaristas atualizados sobre futebol internacional, transmissões in loco e todo aquele tratamento especial que a Liga dos Campeões merece. Ou melhor, que os telespectadores merecem.

Siga-me no Twitter: @rjovaneli

Leia também