TV Esporte Blog

  • Não é só modinha: o Brasil é mesmo o segundo maior mercado da NFL fora dos Estados Unidos, ficando atrás somente do México. Segundo pesquisa do Ibope Repucom, mais de 27 milhões de pessoas aderiram ao futebol americano, sendo que 78% deste público possui TV por assinatura em casa.

    Em 2015, aliás, a 49ª edição do Super Bowl registrou mais de 500 mil espectadores ligados na ESPN para assistir à final entre Seattle Seahawks X New England Patriots - um aumento de 80% na audiência em comparação com a edição anterior do Super Bowl 2014.  

    Esse “caos” também é responsabilidade do mineiro Rômulo Mendonça, narrador que, há cinco anos, transformou os jogos da temporada em uma verdadeira festa. Em meio a estatísticas e números, ele conquistou parte do público que acompanha a modalidade com irreverência ligada à informação. E passou por maus bocados, até chegar à ESPN, como conta com exclusividade ao TV Esporte Blog.

    Sei que vocês estão corridos esta semana, obrigada por falar conosco. Há quanto

    Leia mais »from Rômulo Mendonça: “Imagine narrar um gol do Palmeiras e dizer que o jogador ‘está possuído pelo ritmo ragatanga’?”
  • Pelas ruínas de Chan Chan, uma antiga cidade inca, uma equipe da Fox Sports cheia de energia se prepara desde ontem para as transmissões de Cesar Vallejo e São Paulo, pela Copa Libertadores.

    O repórter Fernando Caetano, o Vice-Presidente de Produção do FOX Sports Marcio Moron, o também repórter Jackson Pinheiro e os cinegrafistas Beto Silva e Leo Brunello estão curiosos e bem animados pra missão de logo mais - e mandaram esta imagem do estádio que será palco da missão tricolor logo mais com exclusividade para o TV Esporte Blog.

    A emissora está apostando na audiência desta noite e mandou uma equipe exclusiva para explorar melhor o cenário desta batalha que o tricolor paulista terá na noite de hoje.

    Por aqui, Nivaldo Prieto, Paulo Vinícius Coelho (PVC) e Carlos Eugênio Simon completam a equipe da transmissão, que começa às 21h45 no canal.

    Leia mais »from Equipe da Fox Sports se aventura pelo Peru e manda "selfie" para o TV Esporte Blog
  • image

    Uma homenagem ao cineasta Eduardo Coutinho será a atração da noite desta quarta-feira (3), na ESPN Brasil. Já em clima de Rio 2016, a emissora exibe “Mãos de Urso”, novo episódio da série “Memórias do Esporte Olímpico Brasileiro”, a partir das 22 horas.

    A história de Luiz Carlos Souza, o Luizão, massagista há mais de três décadas e com cinco olimpíadas em seu currículo, teve seu roteiro iniciado pelo cineasta Eduardo Coutinho, assassinado em fevereiro de 2014. Para finalizar este trabalho, o Instituto de Políticas Relacionadas convidou Cao e Tom Hamburger.

    Luizão participou de diversos campeonatos mundiais de diferentes modalidades, cinco jogos Pan Americanos e cinco Olimpíadas - Atlanta (1996), Sydney (2000), Atenas (2004), Pequim (2008), Londres (2012), e está nos preparativos para a sexta, no Rio-2016. Amante de Blues e Jazz, contador de histórias, “às vezes psicólogo, às vezes pai”,“Big Louis”, como os jogadores do vôlei o chamam,  se tornou um mito no universo esportivo brasileiro. 

    Leia mais »from Massagista oficial da delegação brasileira conta bastidores do esporte olímpico nacional em documentário
  • O experimento deu certo: Rodrigo Rodrigues comandará o “Resenha ESPN” por mais uma temporada em 2016. 

    O bate-bola descontraído das noites de domingo da emissora cedeu lugar a uma folga do apresentador no final do ano e também às finais da NFL - que ganharam a atenção total da audiência nos últimos dois meses.

    Juan Pablo Sorín, Zé Elias, Djalminha e Fábio Luciano compuseram a mesa do último domingo (31) e Elano foi o convidado especial.

    A retomada do “Resenha” na programação não é um fato isolado: segundo a própria ESPN, o programa dobrou a audiência da faixa horária entre 22h e 23h30 aos domingos, de acordo com dados do Kantar IBOPE apurados em 15 mercados. A comparação da audiência (Rat%) foi feita aos domingos, no horário das 22h às 23h30, entre os meses de fevereiro a julho do ano passado.

  • De volta ao comando do “Redação Sportv”, após um descanso em que foi substituído por Carlos Cereto, o jornalista e apresentador do programa, André Rizek, voltou com força total em seus comentários e críticas assertivas.

    Ele mostrou aos companheiros de bancada na manhã desta segunda-feira (1) as capas dos cadernos de esporte da Folha de S.Paulo e do jornal Estado de Minas no último domingo (31). Ambas tratavam da vitória dupla de Bruno Soares no Aberto da Austrália nas disputas de duplas mista e masculina - um feito e tanto. E comentou, com muito cuidado para não ser mal interpretado.

    - Os jornais brasileiros nunca destacam o tênis em seus cadernos esportivos como os americanos fazem, mesmo sem estar há muitos anos no topo do esporte. Aí é só ganhar um brasileiro, que não tem incentivo pra competir o ano todo, que vira notícia. Que coisa mais jeca, vocês não acham?

    Rizek também fez piada com a especulação em cima do nome de Abel Braga, atualmente desempregado, para técnico do Fluminense,

    Leia mais »from André Rizek chama imprensa esportiva brasileira de "jeca"ao vivo na volta ao "Redação"
  • Na tentativa de levantar o ânimo da torcida paulista pelo campeonato regional, a produção do Globo Esporte ressuscitou o “busão” do programa, que ficou mais conhecido na época em que Tiago Leifert era apresentador, e o transformou no personagem principal da “Caravana do Globo Esporte”.

    O ônibus viaja pelas cidades do interior do Estado de São Paulo que possuem equipes que disputarão o campeonato paulista e mantém as esperanças de “pregarem uma peça” contra os chamados “quatro grandes”.

    E Ivan Moré não está sozinho no comando da exaustiva missão: Caio Ribeiro e Walter Casagrande acompanham o apresentador, fazem comentários sobre as notícias do dia ao vivo e também respondem às perguntas dos populares.

    Araraquara foi o ponto de partida. Ontem, dia 26, o ônibus já estava em Ribeirão Preto e hoje, quarta, seguiu para Piracicaba. Na quinta, estará em Campinas, sexta-feira em Sorocaba e no sábado em Santos, completando a exaustiva jornada.

    Leia mais »from Caravana do Globo Esporte tenta impulsionar prestígio do "Paulistão"
  • Além de narrar as finais de Conferência da NFL, Everaldo Marques e Rômulo Mendonça, os principais narradores do futebol americano da ESPN, apareceram neste domingo na tela da emissora como figurantes em um clipe com um samba-enredo falando sobre o esporte.

    Isso porque o SuperBowl, a final da liga, será no domingo de Carnaval, dia 7. Para “esquentar os tamborins”, um grupo criou um samba-enredo com letra que remete ao esporte e aos dizeres dos locutores, como “Fumble é vida”, de Everaldo, e “É o caos!!!”, de Rômulo.

    No Twitter, a reação do público se dividiu entre elogios pelo bom humor dos narradores e críticas pela “vergonha alheia do momento”. Na luta pela audiência, funcionou: a emissora liderou os Trending Topics da rede social em boa parte do dia com sua hashtag. O vídeo pode ser visto aqui.

    image

    O SuperBowl começa às 21h, mas a transmissão no dia do jogo será aberta às 19h. Everaldo e Paulo Antunes narram pela emissora, direto de Santa Clara, nos Estados Unidos, enquanto Rômulo e Paulo

    Leia mais »from ESPN coloca narradores em “samba-enredo” da NFL
  • O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, não viu a decisão por pênaltis que deu ao clube o título da Copa do Brasil do ano passado. Em participação no “Boa Noite, Fox” desta segunda-feira, ele contou que se dirigiu a um lugar no vestiário do Allianz Parque e ficou lá, rezando, sem assistir à partida, até ser informado da vitória.

    “Para mim o Fernando Prass seria o sexto batedor. Então, durante os pênaltis, eu fui acompanhando pelas comemorações e achei que estávamos em vantagem. Mas, quando ouvi gritarem ‘Vai, Prass!’, achei que tínhamos perdido a vantagem e fiquei esperando, até que alguém me chamou: 'Ganhamos, presidente!’”.

    Nobre diz que escolheu esse cantinho especial no vestiário, onde pode ouvir a reação da torcida sem ver o jogo, em 2014, quando o time escapou do rebaixamento à Série B ao empatar por 1 a 1 com o Atlético-PR - e beneficiado pela derrota do Vitória para o Santos. Na reta final da Copa do Brasil, acompanhou ali todos os jogos da reta final, inclusive contra o Inter,

    Leia mais »from Na Fox Sports, Nobre revela que não viu Palmeiras ser campeão da Copa do Brasil
  • Era para ser só um vídeo supostamente “diferentão” e engraçado, com o lançamento de um terceiro uniforme, mas os sete minutos e meio do vídeo em que aparece a nova camisa 3 do Flamengo geraram um apanhado de confusões, críticas e mal-entendidos que é mais fácil separar os problemas por tópicos:

    Preconceito linguístico – o personagem principal do vídeo fala várias vezes “Framengo” – inclusive incentiva um turista argentino a pronunciar o nome do clube desse jeito, sem sucesso. Torcedores, nas redes sociais, protestaram contra a pronúncia errada, que seria motivo de chacota dos rivais. Membros da diretoria também não gostaram.

    Conflito de interesses – o vídeo foi produzido pelo Desimpedidos, um canal do YouTube que mistura futebol com humor, e que tem como um dos sócios o vice-presidente de Comunicação do Flamengo, Antonio Tabet – dono do site Kibe Loco e sócio do Porta dos Fundos. Tabet inclusive foi neste domingo ao “A Última Palavra, na Fox Sports”, para dizer que na verdade é sócio de

    Leia mais »from Os sete minutos, a camisa e a confusão sobre o vídeo novo do Flamengo foram parar na TV
  • image

    De um curso de jornalismo esportivo, aos finais de semana, à principal voz do futebol americano no Brasil, a trajetória surpreendente de Everaldo Marques teve um salto gigantesco e está à altura de sua identificação com o público – que vem adotando o esporte cada vez mais, também por “culpa” do seu trabalho aos microfones. O polivalente narrador da ESPN Brasil terá um ano cheio, com Super Bowl, NBA e Olimpíadas, mas tirou um tempo (do pouco que lhe resta) para conversar com o TV Esporte Blog sobre altos e baixos da carreira e do sonho de criança de narrar os gols, e não de marcá-los.

    Por Juliana Damasceno e Fernando Cesarotti

    Não há como ser diferente nossa primeira pergunta: que horas você dorme?

    Olha, em horários alternativos… [risadas] Novembro e dezembro, a coisa fica mais apertada porque são três noites de NFL e uma de NBA. São quatro noites por semana indo dormir às 3, 4 da manhã. Tem dia que eu ainda consigo dormir até as 10, 11, mas tenho filho pequeno. Ele vem me acordar, ficamos

    Leia mais »from Everaldo Marques: “A TV apareceu na minha vida porque não tive chance no rádio”