Guia Rio 2016: canoagem slalom, provas de caiaque. Ana Sátila candidata a final olímpica

Romano Olímpico - Yahoo Esportes

Na canoagem slalom são duas provas olímpicas na canoa ( escrevi terça-feira) e duas de caiaque, em que o Brasil será representado na Rio 2016 por Ana Sátila ( foto) e Pedro Gonçalves.

A modalidade foi disputada pela 1º vez em 1972 e retornou ao programa olímpico em 1992. No caiaque individual feminino, o k1, a República Tcheca com Stepanka Hilgertova e a Eslováquia com Elena Kaliská, obtiveram 2 ouros cada em Olimpíadas. No caiaque individual masculino, o k1, a Alemanha tem 3 ouros em 7 possíveis. Confira os destaques para a Rio 2016

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

k1 feminino- 21 atletas

Ana Sátila disputou aos 16 anos a Olimpíada de Londres e terminou em 16º lugar. Neste ciclo olímpico tem evoluído a cada ano. No mundial 2014, a mineira ficou a apenas 6 centésimos de uma inédita final. Em 2015 foi vice-campeã mundial sub-23 e prata no Pan de Toronto, além de 13º no mundial. Este ano, após 3 etapas da Copa do Mundo, ocupa o 4º lugar no ranking, porém algumas atletas olímpicas não competiram. Ana não é favorita a medalha, mas pode pegar final. O k1 feminino não tem uma favorita destacada ao ouro.

Brigam por medalhas:

Jessica Fox- Austrália: campeã mundial 2014 e vice-campeã olímpica. Foi 4º no mundial 2015.

Katerina Kudejova- República Tcheca: campeã mundial 2015

Fiona Pennie- Grã-Bretanha: prata nos mundiais 2014 e 2006

Maialen Chourraut- Espanha: bronze na última Olimpíada. Prata no mundial 2009 e bronze em 2011. Venceu uma etapa de Copa do Mundo este ano.

Melanie Pfeifer- Alemanha: bronze nos mundiais 2014 e 2015

Podem surpreender:

Corinna Kuhnle- Austria: campeã mundial em 2010 e 2011

Ana Sátila- Brasil: 4º lugar no ranking das Copas do Mundo em 2016

Mariee Zélia Lafont- França: venceu a etapa da França da Copa do Mundo

Jana Dukatova- Eslovaquia:  6º no mundial 2015. Prata nos mundiais 2010 e 2011 e campeã em 2006

Demais competidoras: Ella Nicholas- Ilhas Cook/ Stefanie Horn- Itália/ Aki Yazawa- Japão/ Hind Jamili- Marrocos/ Luuka Jones- Nova Zelândia/ Natalia Pacierpnik- Polônia / Marta Kharitonova- Russia / Eva Tercelj- Eslovênia/ Ashley Nee- Estados Unidos. Falta a definição das atletas da China, Ucrânia e Cazaquistão.

————————————————————

k1 masculino- 21 atletas

O Brasil terá outro jovem atleta na Olimpíada: Pedro Gonçalvez, o Pepe, paulista de 23 anos. No ano passado foi prata no Pan de Toronto. Pepe costuma disputar etapas de Copa do Mundo e mundiais, mas não atinge as finais.Brigará para passar da 1º fase.

Favorito ao ouro: Jiri Prskavec- República Tcheca: campeão mundial 2015 e vice em 2013. Três vezes campeão europeu

Brigam por medalhas

Peter Kauzer- Eslovenia: ganhador da temporada da Copa do Mundo 2015  Campeão mundial em 2011 e 2009

Hannes Aigner -Alemanha: bronze na última Olimpíada e no último europeu

Michal Smolen- Estados Unidos: bronze no mundial 2015

Podem surpreender:

Sebastien Combot- França: vice campeão mundial em 2014 e campeão em 2007.

Giovanni de Gennaro- Itália: venceu etapa da Itália da Copa do Mundo 2016.

Demais competidores: Lucien Delfour- Austrália/ Mario Leitner- Austria/ Jure Meglic- Azerbaijão/ Pepe- Brasil/  Michael Tayler- Canadá/  Bryden Nicholas- Ilhas Cook/ Joe Clarke- Grã-Bretanha/  Kazuki Yasawa- Japão / Mike Dawson- Nova Zelândia/ Jonathan Akinyemi- Nigéria/ Maciej Okreglak- Polônia/ Pavel Eigel- Rússia/ Jakub Grigar- Eslováquia  Faltam definir os representantes da China e Suécia.

Leia também