Canoagem slalom estréia em Toronto e Brasil é favorito a 2 ouros

A canoagem slalom é disputada em Olimpíadas desde 1992, mas estreará em Jogos Pan-Americanos este ano, em Toronto. Serão 5 provas : 3 no masculino ( C1, C2 e K1) e duas no feminino ( C1 e K1). Para quem não está acostumado, C significa provas em canoas e o K em caiaques; o número 1 significa que a prova é individual e 2 em duplas.

image

O Brasil é favorito a duas medalhas de ouro com Ana Sátila. A jovem brasileira foi a melhor das Américas nas duas provas, no último campeonato mundial. Com 16 anos, Ana estreou na Olimpíada de 2012. A cada temporada tem melhorado seus resultados.No mundial 2014 ficou a apenas 6 centésimos de uma inédita final. Também em 2014 venceu as duas provas do Festival Panamericano, mas que não contaram com algumas adversárias dos EUA e Canadá. Suas principais adversárias em Toronto devem ser as canadenses Haley Daniels e Alexandra McGee na prova de C1 e as americanas Dana Mann e Ashley Nee na prova do K1. Mas Ana é favorita a ajudar o Brasil no quadro de medalhas com 2 ouros.** **

No masculino a principal chance é na prova do C2. No último mundial dentre os adversários do continente americano, Charles Correa e Anderson Oliveira só ficaram atrás dos americanos Devin McEvan e Casey Eichfeld.

Nas provas de C1 e K1 masculino buscar o ouro será mais complicado. Os brasileiros tem alguns adversários do Canadá, EUA e Argentina, com resultados melhores. Somente semanas antes do Pan, com a confirmação dos participantes teremos uma melhor previsão. Os destaques do Brasil são Felipe Silva no C1 e Pedro Silva, o Pepe, no K1.

A estréia da canoagem slalom será importante para ajudar o Brasil a tentar superar Cuba no quadro de medalhas.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos