[VÍDEO] Relembre os gols no fim do jogo que entraram para a história do futebol brasileiro

julia_vieira
Blog da Redação

Alguns dizem que o futebol está perdendo o encanto. Outros falam que, a cada geração que passa, o esporte perde seus fãs. No entanto, a cada lance emocionante, daqueles para ver e rever, o futebol se renova. E poucos lances são mais eletrizantes do que aqueles gols no fim, quando a luz já está se apagando e as esperanças morrendo. Nesta rodada do Brasileirão, dois jogos foram decididos nos momentos derradeiros. Para as torcidas de Flamengo e Botafogo, tristeza. Para os apaixonados por Portuguesa e Atlético-MG, êxtase. Para os fãs de futebol, o renascimento de uma paixão.

Entrando neste clima, o Blog da Redação vai relembrar alguns gols marcantes, anotados no fim das partidas. Esses vão deixar você arrepiado e com lágrimas nos olhos. É hora de curtir de novo heróis e vilões, rever a explosão da torcida e as comemorações emocionadas. A nossa lista conta com sete gols, mas com certeza você vai lembrar de outro, aquele que te marcou, reafirmando a sua paixão pelo seu clube do coração. Confira!

Cruzeiro 2 x 1 São Paulo - Copa do Brasil de 2000

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Essa é uma daquelas histórias para contar para os filhos. Não pelo gol, que foi impressionante, mas por um detalhe decisivo. O duelo já tinha passado dos 90 minutos quando o Cruzeiro conseguiu uma falta perto da área. Giovani foi para a bola, mas ouviu de seu companheiro Müller a seguinte frase: 'A barreira vai pular, bate por baixo'. Dito e feito: gol e título para o time mineiro.

Palmeiras 3 x 4 Vasco - Copa Mercosul de 2000

O palco era o Palestra Itália e a festa paulista parecia estar encaminhada. No primeiro tempo, 3 a 0 para o time alviverde. Para muitos, o jogo estava encerrado ali. Mas é preciso ressaltar, o Vasco não era um time bobo. Com um elenco de craques, o time carioca tinha que ser respeitado. E, no segundo tempo, o Cruzmaltino fez jus ao apelido de time da virada. Todos os gols foram marcantes, mas nenhum será mais lembrado que o de Romário, no finzinho, aproveitando rebote, bem posicionado como sempre. Esse vale a pena rever!

Argentina 2 x 2 Brasil - Copa América de 2004

Dizem que ganhar da Argentina é mais gostoso, mas e com gol nos acréscimos? E ainda teve o Tévez, fazendo gracinha na bandeirinha de escanteio. A verdade é que eles mereceram. Estavam com o jogo nas mãos, mas resolveram brincar. E não se brinca com o Brasil, não se brinca com Adriano. O empate no fim levou o jogo para os pênaltis e o resultado foi o título brasileiro!

Flamengo 3 x 1 Vasco - Campeonato Carioca de 2001

O gol que alçou Petkovic ao status de ídolo rubro-negro. Esse é um daqueles momentos em que o gol supera o título. Campeonato Carioca? O Flamengo já tinha muitos e voltou a conquistar mais a frente. Mas com um golaço de falta aos 43 minutos do segundo tempo? Esse é único. E, para completar, em cima do maior rival. A explosão da torcida do Flamengo tomou conta do Maracanã e Pet, emocionado, se jogou no chão abrindo os braços para a Nação!


Fluminense 3 x 1 São Paulo - Libertadores de 2008

O apelido de 'Time de Guerreiros' surgiu em 2009, mas bem que poderia ter acompanhado o Fluminense na campanha da Libertadores. E nenhum jogo resumiu melhor a caminhada do Tricolor do que aquele 3 a 1 emocionante contra o São Paulo. O gol de Washington, de cabeça, no finalzinho do jogo, nunca será esquecido pela torcida do Fluminense.

Corinthians 1 x 0 Vasco - Libertadores de 2012

Ninguém tem dúvida que o volante Paulinho é iluminado. Jogo decisivo é com ele e, para a Fiel, nenhum jogo marcou mais que aquele duelo contra o Vasco, na Libertadores. Dois jogos truncados, com muita marcação e com poucas chances. Em 180 minutos, o gol foi sair aos 42 minutos do segundo tempo do segundo jogo. Melhor assim, para o bem do futebol. Poucas vezes se viu a emoção que tomou conta do estádio do Pacaembu naquele momento. Esse é pra guardar na memória!

Atlético-MG 2 x 0 Olimpia - Libertadores de 2013

Não adianta, o futebol não para de surpreender. Para quem achava que já tinha visto tudo, Leonardo Silva estava lá para contrariar às expectativas. Jogo depois dos 40, controlado, o título é do Olimpia, certo? Errado! De cabeça, o zagueirão salvou o ano do Atlético-MG e foi um dos grandes heróis do título mineiro.

E aí, faltou algum? É claro que sim! Então deixe seu comentário abaixo.

Leia também