Presidente do Palmeiras se envolve em confusão em camarote

Blog da Redação
Presidente do Palmeiras, Paulo Nobre tentou invadir camarote para expulsar torcedor do Flamengo
Presidente do Palmeiras, Paulo Nobre tentou invadir camarote para expulsar torcedor do Flamengo

A tensão do duelo entre Palmeiras e Flamengo —cantado aos quatro ventos como final antecipada do Campeonato Brasileiro— ultrapassou as quatro linhas e gerou cenas lamentáveis nos camarotes da arena do clube na região oeste da capital paulista. Enquanto os clubes se enfrentaram dentro de campo, o presidente do Verdão, Paulo Nobre, se envolveu em uma confusão com convidados do camarote de um patrocinador localizado no quarto andar do estádio e reservado para diretoria alviverde.

Conforme relatos do Uol.Esporte e do GloboEsporte.com, o cartola se irritou com a presença de um torcedor do Flamengo no local e teria invadido o camarote acompanhado de mais dez guarda-costas. Em imagens divulgadas no Twitter, Nobre aparece gritando no corredor e sendo contido por um segurança. “É para tirar, sim”. gritou o dirigente.






No fim da partida, cartolas do Flamengo reclamaram que torcedores do Alviverde atiraram objetos no camarote reservado ao clube carioca. 

A Real Arenas, empresa criada pela WTorre para administrar a arena palmeirense, registrou um boletim de ocorrência contra Paulo Nobre.

Por determinação do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), a partida foi disputada com o setor gol norte da arena fechado e sem ingressos destinados à torcida visitante. A medida é uma punição pelos incidentes do jogo pelo primeiro turno entre Palmeiras e Flamengo.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também