anderson_moura

Nem todo mundo gosta… Veja quem não votou em Messi

Anderson Moura
Melhor Futebol do Mundo

Exibir foto

.

Nada pessoal, Busquets, mas melhor do mundo não dá...

A escolha de Lionel Messi como o melhor jogador do mundo pela quarta vez não foi surpresa para ninguém. É claro que há quem prefira o português Cristiano Ronaldo, ou até mesmo o terceiro colocado, Andrés Iniesta, mas seria loucura não incluir o argentino, que brincou de quebrar recordes em 2012, entre os três melhores jogadores do planeta. Sendo assim, então temos muitos loucos por aí...

Cada país filiado a FIFA é representado pelo capitão e pelo técnico de sua seleção, além de um profissional da imprensa. Checando a relação dos votos, é possível conferir que MAIS DE QUARENTA ELEITORES não incluíram Messi entre os três melhores.

Alguns casos são justificáveis por uma questão de parceria (cada um puxando a sardinha para sua brasa). Mirko Vucinic, capitão de Montenegro, escolheu os companheiros de Juventus, Buffon e Pirlo, como primeiro e segundo colocados. O técnico Vicente Del Bosque, que foi premiado na cerimônia de segunda-feira como melhor treinador do mundo, escolheu apenas jogadores comandados por ele na Espanha: Casillas, Xavi e Iniesta.

Mas o que dizer do senhor Winfried Schaefer , técnico da Tailândia, que teve como primeira escolha o volante Sérgio Busquets (???) e esnobou a temporada de Messi? Ou então de Andrew Setefano que optou pelo também volante Xabi Alonso como o melhor jogador do mundo? Não dá para entender...

Segue a lista de todos os eleitores que preteriram Messi:

Christian Fuchs, capitão da Áustria (Xavi, Iniesta, Balotelli)
Raymond Baten, capitão de Aruba (Iniesta, Ozil, Busquets)
Michael Constantinou, capitão do Chipre (Iniesta, Drogba, Xavi)
Keo Sok Ngon, capitão do Cambodia (Iniesta, Pirlo, Xavi)
Hugo Lloris, capitão da França (Casillas, Falcão García e Drogba)
Mahamoud Mroivili, capitão de Comoros (Iniesta, Sérgio Ramos e Van Persie)
Daniel Goitom, capitão da Eritréia (CR7, Iniesta, Falcão)
Tomas Danilevicius, capitão da Lituânia (Ibrahimovic, Rooney, Piqué)
Mirko Vucinic, capitão de Montenegro (Buffon, Pirlo, Ibrahimovic)
João Rafael, capitão de Moçambique (CR7, Drogba, Neymar)
Ronald Ketjijere, capitão da Namíbia (Drogba, CR7, Xabi Alonso)
Jaffar Khan, capitão do Paquistão (Casillas, Iniesta, Xavi)
Bruno Alves, capitão de Portugal (CR7, Falcão, Van Persie)
Andrew Setefano, capitão de Samoa (Xabi Alonso, Pirlo, Neuer)
Shahril Ishak, capitão de Singapura (CR7, Messi, Pirlo)
Bongani Khumalo, capitão da África do Sul (Yaya Touré, Xavi, Iniesta)
Jastin Ritchard, capitão do Sudão do Sul (Drogba, Iniesta, Aguero)
Iker Casillas, capitão da Espanha (Sérgio Ramos, CR7, Xavi)
Wongsa Panupong, capitão da Tailândia (CR7, Iniesta, Van Persie)
Emre Belozoglu, capitão da Turquia (Falcão, Ozil, CR7)
Ismaeil Matar Aljneibi, capitão dos Emirados Árabes (Iniesta, Xavi, Pirlo)
Hans Hubert Vogts, técnico do Azerbaijão (Iniesta, CR7, Xavi)
José Camacho, técnico da China (Iniesta, Xavi, Casillas)
Mbae Ali, técnico de Comoros (Xavi, Iniesta, Neymar)
Jorge Luis Pinto, técnico da Costa Rica (Falcão, Xabi Alonso, Iniesta)
Joachim Löw, técnico da Alemanha (Özil, Neuer, Xavi)
Leon Enrique Llena, técnico da Nicarágua (Iniesta, Xavi, Casillas)
Stephen Keshi, técnico da Nigéria (Yaya Toure, Drogba, Van Persie)
Giampaolo Mazza, técnico de San Marino (Pirlo, Drogba, CR7)
Djorjvich Zoran, técnico do Sudão do Sul (Drogba, Iniesta, Aguero)
Vicente Del Bosque, técnico da Espanha (Casillas, Xavi, Iniesta)
Erik Hamrén, técnico da Suécia (Ibrahimovic, Casillas, CR7)
Winfried Schaefer , técnico da Tailandia (Busquets, Iniesta, CR7)
Mövsümov Rasim, jornalista do Azerbaijão (Casillas, Falcão, Drogba)
Khalil Adam, jornalista de Costa do Marfim (Drogba, Falcão, Iniesta)
Paolo Condo, jornalista da Itália (Iniesta, CR7, Pirlo)
Matjama Thabang, jornalista do Lesotho (Iniesta, Drogba, Yaya Toure)
Hashim Rizal, jornalista da Malásia (Iniesta, Casillas, Pirlo)
Paul Kelly , jornalista da Irlanda (CR7, Iniesta, Pirlo)
Elia Gorini, jornalista de San Marino (Iniesta, Pirlo, CR7)
Aliou Goloko, jornalista de Senegal (CR7, Drogba, Iniesta)
Abdiaziz Godah, jornalista da Somália (CR7, Van Persie, Xavi)
Desney Romeo, jornalista do Suriname (Casillas, Iniesta, Pirlo)
Pierre-Alain Dupuis, jornalista da Suiça (Iniesta, CR7, Casillas)
Mathias Ayena, jornalista de Togo (Casillas, Iniesta, Drogba)

Exibir comentários (286)
Os sites do Yahoo Esportes e do Esporte Interativo agora estão separados. Por favor, escolha qual deseja acessar:
  • Teliana passa por russa e fica a uma vitória na chave em Marrakech

    A tenista brasileira Teliana Pereira não teve dificuldades para vencer a russa Marina Melnikova pelo qualifying do WTA de Marrakech. Embalada pelo título em Bogotá na última semana, ela venceu o confronto neste domingo por 2 sets a 0, com parciais de 6/2 e 6/2. Mais »

    Gazeta Press - 7 minutos atrás
  • Valdívia fará teste no vestiário para saber se pode jogar decisão

    As chances do meia Valdivia jogar a decisão do Campeonato Paulista contra o Santos existem. O jogador está concentrado com o elenco alviverde e fará testes no vestiário do Allianz Parque para saber se terá ou não condição de jogo. A informação foi dada pelo Departamento Médico da equipe ao canal Sportv. Há também a possibilidade do jogador começar a partida no banco de reservas. Mais »

    Gazeta Press - 7 minutos atrás
  • Chelsea não sai do zero com Arsenal, mas segue isolado na liderança

    Em confronto decisivo e direto pela taça do Campeonato Inglês, o Chelsea visitou o Arsenal neste domingo, às 12 horas (de Brasília), pela 34ª rodada da liga nacional. No Emirates Stadium, ambas equipes travaram um duelo equilibrado, mas o jogo terminou no empate sem gols. Mais »

    Gazeta Press - 11 minutos atrás
  • Chelsea segura empate por 0 a 0 com Arsenal e se aproxima do título Inglês

    Arsenal e Chelsea fizeram um jogo bastante movimentado, mas sem grandes chances de gol neste domingo, no Emirates Stadium, em Londres. Mais »

    Estadão Conteúdo - 13 minutos atrás
  • Monaco atropela Lens e segue na zona de classificação da Champions

    O Monaco lavou a alma após a eliminação na Liga dos Campeões. Derrotado pela Juventus nas quartas de final da maior competição europeia pelo placar agregado de 1 a 0 na última semana, os alvirrubros visitaram o Lens na tarde deste domingo, em partida válida pela 34ª rodada do Campeonato Francês, e venceram os lanternas da competição por 3 a 0. Os gols foram marcados pelos pés de Yannick Ferreira Carrasco, Martial e Bernardo Silva. O resultado deixa o Monaco invicto há dez partidas no Francês, com seis vitórias e quatro empates.  Mais »

    Gazeta Press - 17 minutos atrás