São Paulo culpa Lula por fim da negociação com a Caixa Econômica

image

Tricolor tem feito propaganda do sócio-torcedor na camisa (Luis Moura/Gazeta Press)

O São Paulo continua sem um patrocínio máster por causa do ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva. A revelação foi feita em uma conversa informal entre o presidente tricolor, Carlos Miguel Aidar, e outros conselheiros vitalícios na última sexta-feira, durante um café próximo ao Morumbi.

Aidar afirmou que o clube negociava com a Caixa desde o fim do ano passado. As conversas evoluíram e as partes chegaram a acertar valores e tempo de contrato - o banco estatal pagaria algo em torno de R$ 30 milhões pelo vínculo de um ano, condição parecida à firmada com o Corinthians.

Mas tudo mudou a partir do momento em que Lula teria entrado no negócio. Usando de sua influência sobre a cúpula da Caixa, o ex-presidente da República teria sugerido que o banco focasse suas atenções no futebol de Minas Gerais, estado de Aécio Neves, grande adversário político do PT atualmente.

Se a afirmação de Aidar se confirmar, o Cruzeiro terá boas chances de ganhar o patrocínio da Caixa em breve. Isso porque o Atlético-MG, outro mineiro que disputa a Libertadores da América, tem desde o fim do ano passado uma parceria com a MRV Engenharia.

O São Paulo não tem um patrocínio máster desde julho do ano passado, quando a Semp Toshiba anunciou a antecipação do fim do contrato em seis meses, sob a alegação de que vive dificuldades financeiras. Desde então, o departamento de marketing tricolor já negociou com pelo menos 20 empresas diferentes.

A expectativa é de que a busca seja concluída nos próximos dias. Existe um princípio de otimismo depois das últimas conversas com três interessadas. O clube já cogita até diminuir a pedida inicial, de R$ 30 milhões.

* O Instituto Lula entrou em contato com o Blog com o seguinte esclarecimento: “Não são verdadeiras as afirmações sobre o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva feitas na matéria ‘São Paulo culpa Lula por fim da negociação com a Caixa Econômica’. O texto foi publicado no site de Jorge Nicola, no Yahoo. Lula não ocupa cargo público nem interfere nas decisões da Caixa Econômica Federal. É lamentável que ações deste tipo sejam atribuídas ao ex-presidente.”

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos