São Paulo quer atacante Nilmar como reforço para 2017

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

Atacante defende o Al-Nasr, dos Emirados Árabes, e tem contrato por mais um ano

O São Paulo já decidiu que não contratará mais reforços para a reta final do Brasileirão, apesar do risco de rebaixamento. O planejamento em relação a novos jogadores já mira 2017 e o nome que encabeça a lista é o de Nilmar. Presidente do Tricolor, Leco havia tentado contratar o atacante na época em que era diretor.

“Existem especulações de que queremos o Calleri para o ano que vem, mas o atacante dos sonhos é o Nilmar”, garante um dirigente são-paulino. Nilmar foi adquirido há um ano pelo Al-Nasr, dos Emirados Árabes Unidos, e tem vínculo até agosto de 2017.

Na última janela de transferências, que terminou no mês passado, Nilmar esteve na mira de dois clubes brasileiros: Cruzeiro e Fluminense. O time mineiro chegou a mandar o diretor de futebol, Thiago Scuro, para um almoço com o jogador em uma churrascaria em Londrina, onde ele curtia férias. O Al-Nasr não aceitou liberá-lo.

Nilmar está com 32 anos e marcou 16 gols em 38 partidas durante sua primeira temporada com a camisa do Al-Nasr. Ele havia sido comprado por 3 milhões de euros junto ao Internacional.

O curioso é que, enquanto planeja um centroavante para 2017, o São Paulo festeja o excelente momento do argentino Chavez, que foi contratado para atuar pelo lado esquerdo do atacante. Pela falta de centroavantes, o ex-atleta do Boca Juniors tem jogado de maneira improvisada e já marcou seis gols em nove partidas.

Chavez fez o primeiro gol na vitória por 3 a 1 sobre o Figueirense, neste domingo, no Morumbi. O triunfo marcou o fim de uma série de dez partidas em que apenas estrangeiros balançaram as redes a favor do Tricolor - eram seis de Chavez, cinco de Cueva e um de Calleri, atualmente no West Ham, da Inglaterra.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos